Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Como a saúde mental impacta o nosso sistema imunológico?

Como a saúde mental impacta o nosso sistema imunológico?

07/05/2020 Divulgação

Prevenção de enfermidades físicas e emocionais devem ter um trabalho focado em tratar o estresse que o isolamento social tem causado.

Como a saúde mental impacta o nosso sistema imunológico?

Estamos vivenciando uma pandemia mundial de coronavírus. A doença, que já é preocupante por si só, também tem refletido o medo e as inseguranças com nosso bem-estar, o que afeta diretamente a nossa saúde física e emocional. Somando isso ao isolamento social, o cérebro libera reações de ansiedade, que possuem como consequência direta o abalo em nosso sistema imunológico.

Também é importante pontuar que a relação entre suporte social e saúde já possui uma longa história. Sujeitos mais bem estruturados socialmente são mais saudáveis e têm menos probabilidade de adoecerem física e/ou emocionalmente. Por isso, é necessário compreender como esse processo ocorre e qual o papel da psicologia nesse contexto.

Mas, afinal, por que nossas emoções são capazes de afetar nossa imunidade? Estudos de função imunológica, conhecidos como Psiconeuroimunologia, constataram que a proteção do corpo está diretamente ligada a fatores psicossociais. Dentre eles, destacam-se os estados emocionais, a intensidade do estresse que o indivíduo enfrenta, os traços de personalidade e a qualidade das relações sociais.

A conclusão não poderia ser diferente: o desânimo e características pessimistas estão diretamente ligados a piora no funcionamento do nosso sistema de defesa. De forma simplificada, as experiências de vida (que variam de acordo estados psicológicos de uma pessoa) ativam o Sistema Nervoso Central e a sua resposta hormonal. Esse movimento tem forte influência no sistema imunológico, provocando mudanças e gerando maior susceptibilidade a doenças.

Com isso, é possível afirmar que o isolamento favorece aqueles que estão bem estabelecidos socialmente, com a possibilidade de trabalho remoto, convênio médico e acesso a remédios. Projetando essas mesmas questões para as camadas menos favorecidas, encontramos questões sérias e problemáticas, como empregos informais e condições precárias de moradia, saneamento básico e higiene.

Diante desse contexto, a atuação dos psicólogos é fundamental para ajudar na prevenção de problemas e diminuir os efeitos da pandemia sobre a saúde individual e coletiva. E engana-se quem pensa que os profissionais da psicologia e psiquiatria só podem realizar atendimentos presencialmente e com alto custo.

Nessa época de coronavírus, a terapia online tem sido uma alternativa mais barata e acessível, podendo atingir um número maior de pessoas e gerar uma transformação de impacto social.

A prevenção de enfermidades físicas e emocionais podem, e devem, ter um trabalho focado em tratar o estresse que o isolamento social tem causado. Somente assim será possível aumentar a defesa imunológica e garantir um estilo de vida mais saudável nos aspectos emocional, fisiológico e imunológico.

Texto: Sonia Pittigliani - psicóloga da Telavita, plataforma de psicoterapia online

Fonte: PiaR Comunicação



Pandemia aumenta uso de ansiolíticos, antidepressivos e estabilizadores de humor

Medicações têm efeitos danosos, inclusive com risco de morte.

Pandemia aumenta uso de ansiolíticos, antidepressivos e estabilizadores de humor

Por que roncamos ao dormir de barriga para cima?

Entenda como as diferentes posições para dormir interferem no funcionamento do organismo.

Por que roncamos ao dormir de barriga para cima?

Dia Mundial do Alzheimer visa desmistificar o preconceito sobre a doença

"Conhecer demência é conhecer Alzheimer" é tema de campanha em 2021.

Dia Mundial do Alzheimer visa desmistificar o preconceito sobre a doença

Estamos esperando o quê?

Uma pesquisa rápida no Google Trends aponta o que qualquer cidadão do mundo já sabe: o termo mais mencionado e pesquisado no ano passado foi “Coronavírus”.

Estamos esperando o quê?

Proteção da CoronaVac em pessoas com comorbidade é superior a 90%

Pesquisa analisa 5 mil profissionais de educação e da segurança pública da rede estadual lotados em Manaus.

Proteção da CoronaVac em pessoas com comorbidade é superior a 90%

Fisioterapia precoce é essencial no tratamento da artrite idiopática juvenil

Doença é autoimune e pode afetar bebês e crianças pequenas.

Fisioterapia precoce é essencial no tratamento da artrite idiopática juvenil

Atividade física reduz risco de desenvolver glaucoma 

Estudo aponta que declínio do risco pode chegar a 73%.

Atividade física reduz risco de desenvolver glaucoma 

“Agir salva vidas” é tema de campanha Setembro Amarelo 2021

Campanha para reduzir índices de suicídio é uma iniciativa da ABP e do Conselho Federal de Medicina.

“Agir salva vidas” é tema de campanha Setembro Amarelo 2021

Por que terceira dose de vacina contra Covid é importante e necessária

Variantes do vírus fazem com que seja necessário "treinar" o organismo para poder prevenir infecções.

Por que terceira dose de vacina contra Covid é importante e necessária

Tabagismo aumenta chances de casos graves da Covid-19

Relação entre fumo e doença é mais um motivo importante para a decisão de parar de fumar

Tabagismo aumenta chances de casos graves da Covid-19

Dicas de alimentação na TPM, gravidez e menopausa

Toda mulher passa por diferentes fases no ciclo fértil.

Dicas de alimentação na TPM, gravidez e menopausa

Número de mortes por paradas cardíacas aumenta durante a pandemia

Pesquisa mostra que procura por atendimento hospitalar por AVC e ataques cardíacos sofreu redução no período.

Número de mortes por paradas cardíacas aumenta durante a pandemia