Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Como aumentar a produção de colágeno para o rosto e corpo

Como aumentar a produção de colágeno para o rosto e corpo

15/05/2020 Divulgação

Descubra os alimentos que aumentam a produção de colágeno para o rosto, cabelos e unhas. Dicas importantes de como produzir colágeno natural.

O colágeno é uma proteína super importante para pele, cabelos e unhas. Precisamos abastecer o corpo com alimentos que tragam uma reposição constante desta proteína.

Alimentos que podem contribuir:

Frutas Cítricas

Aumente a ingestão de frutas cítricas, visto que a vitamina C é fundamental para promover a produção de colágeno. Dentre essas frutas, é importante destacar a laranja, kiwi, acerola e abacaxi.

Feijão, ervilha e brócolis

Possuem um grande teor de ferro, que também é importante para a produção de colágeno natural. É necessário também na produção de elastina, outra proteína que garante resistência e flexibilidade a pele.

Gelatina

A gelatina é proveniente do colágeno de ossos e tecidos de animais. Pode ser usada como sobremesa, e o melhor disso tudo: as calorias desse alimento são baixas, não atrapalhando sua dieta.

Castanhas e nozes

As oleaginosas são importantes para a manutenção de uma boa pele, já que são ricas em gorduras e vitamina E. Por esse motivo, estimulam a produção de colágeno para o rosto, por exemplo.

Ovo

Esse alimento de origem animal é o mais escolhido dentre os que fazem academia e exercícios físicos intenso. Tal fato, se deve a sua proteína de alto valor biológico.

O colágeno é uma proteína, e com o aumento da ingestão das mesmas, sua produção é intensificada.



Ministério da Saúde lança campanha nacional de combate à sífilis

Gestantes representaram mais da metade dos casos contraídos em 2020.


Pandemia afetou em 35% número de consultas oftalmológicas em 2020

Cerca de 3,7 milhões de atendimentos deixaram de ser feitos.

Pandemia afetou em 35% número de consultas oftalmológicas em 2020

Nomofobia: Você tem medo de ficar longe do celular?

Uma pesquisa recente publicada pela Digital Turbine mostra que 20% dos brasileiros não ficam mais de 30 minutos longe do celular.

Nomofobia: Você tem medo de ficar longe do celular?

Dor crônica na região lombar pode ser sinal de ‘bico de papagaio’

A região lombar costuma ser a mais afetada pela osteofitose

Dor crônica na região lombar pode ser sinal de ‘bico de papagaio’

Livro inédito comemora centenário da descoberta da insulina

A renda obtida com a venda dos livros será doada ao Instituto Correndo Pelo Diabetes para incentivar a prática da atividade física.

Livro inédito comemora centenário da descoberta da insulina

10 curiosidades sobre o crânio e o cérebro que irão te surpreender

Ainda estamos longe de conhecer todo o mistério que envolve a interligação do cérebro com o nosso organismo como um todo, mas já temos importantes achados.


Quase 3 milhões de mulheres deixaram de rastrear o câncer de mama na pandemia

Com medo do contágio pelo coronavírus, as mulheres deixaram de lado a rotina de cuidados.

Quase 3 milhões de mulheres deixaram de rastrear o câncer de mama na pandemia

Bons hábitos de saúde podem evitar doenças cardiovasculares

Em 2021, Brasil registra 299.304 pessoas mortas por doenças cardiovasculares.

Bons hábitos de saúde podem evitar doenças cardiovasculares

Uso de lentes de contato por crianças deve ser cauteloso

Conheça os riscos e benefícios de crianças e adolescentes usar lentes de contato.

Uso de lentes de contato por crianças deve ser cauteloso

Pandemia aumenta uso de ansiolíticos, antidepressivos e estabilizadores de humor

Medicações têm efeitos danosos, inclusive com risco de morte.

Pandemia aumenta uso de ansiolíticos, antidepressivos e estabilizadores de humor

Por que roncamos ao dormir de barriga para cima?

Entenda como as diferentes posições para dormir interferem no funcionamento do organismo.

Por que roncamos ao dormir de barriga para cima?

Dia Mundial do Alzheimer visa desmistificar o preconceito sobre a doença

"Conhecer demência é conhecer Alzheimer" é tema de campanha em 2021.

Dia Mundial do Alzheimer visa desmistificar o preconceito sobre a doença