Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Como fortalecer os fios e evitar a queda capilar no pós-Covid

Como fortalecer os fios e evitar a queda capilar no pós-Covid

25/02/2022 Cleonice Fernandes

A perda de cabelo pós-Covid está ligada ao estresse físico e psicológico que os pacientes vivenciam com a infecção pelo coronavírus e suas variantes.

Como fortalecer os fios e evitar a queda capilar no pós-Covid

Toda situação de estresse reflete no sofrimento do folículo -, a região do couro cabeludo que dá origem ao cabelo, ocasionando a queda de cabelo, chamada de eflúvio telógeno. 

O fio de cabelo passa por um ciclo que é resumido em 3 fases: anágena (crescimento), catágena (transição) e telógena (queda). Cerca de 20% corresponde à última etapa. Porém, a situação muda quando passamos por algum problema de saúde como a Covid-19. 

Nesse tipo de estresse, uma porcentagem dos fios que está na fase anágena passa automaticamente para a telógena, fazendo com que o cabelo caia além do esperado. Após avaliação capilar detalhada, a conduta profissional deve ser assertiva para que seus resultados tragam de volta a saúde dos cabelos e do couro cabeludo, além da autoestima do paciente/cliente. 

O 1° passo para quem busca um tratamento tricológico (Tricologia é o ramo da ciência que trata dos pelos ou cabelos) consiste em uma análise de todo o couro cabeludo e haste capilar. Para cada desordem capilar existe um tratamento específico. Dentre os tratamentos, há os medicamentos orais e tópicos, fatores de crescimento, cosméticos, mudança nutricional, além de recursos terapêuticos. 

O 2° passo consiste em ter uma alimentação rica em nutrientes.

Já o 3°passo seria controlar o estresse através de meditação, hobbies e sono regular. 

O 4° passo abrange a prática de atividades físicas. O 5° passo é a visita a um dermatologista.

Dicas caseiras

Outra opção, além das mencionadas acima, é a hidratação caseira com ovo, que tem na sua composição ácidos graxos saturados, ácidos graxos insaturados, aminoácidos, minerais, vitaminas e carotenóides que vão auxiliar na nutrição do couro cabeludo. 

A massagem capilar relaxante é outra opção que gera muitos benefícios antiestresse, como o aumento da vascularização, o que potencializa os demais tratamentos. Normalmente, o tempo de duração da massagem varia de caso a caso. 

O pelling capilar caseiro por microesferas no couro cabeludo também é uma sugestão que retira impurezas e células mortas e intensifica e prepara a região para aplicação de outros recursos terapêuticos com princípios ativos eficientes. 

Independente da sua preferência é importante adotar uma rotina de cuidados com produtos antiqueda e uma alimentação saudável e balanceada, tudo isso aliado ao acompanhamento de um profissional capacitado. 

* Cleonice Fernandes é Professora de Tricologia do Curso de Estética da Faculdade Senac Goiás.

Para mais informações sobre Queda Capilar clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: Senac



Menopausa: sintomas, tratamentos e dicas

Ginecologista Loreta Canivilo explica tudo sobre esse período da vida da mulher.

Autor: Divulgação

Menopausa: sintomas, tratamentos e dicas

Crianças e Dengue: como prevenir?

Número de casos é alto entre os pequenos e algumas faixas etárias não podem sequer usar repelentes contra insetos.

Autor: Divulgação

Crianças e Dengue: como prevenir?

Dengue, Chikungunya e Zika: conheça os sintomas de cada doença

“Os sintomas podem ser parecidos, por isso, é importante uma avaliação médica”.

Autor: Divulgação

Dengue, Chikungunya e Zika: conheça os sintomas de cada doença

Maioria dos adultos sofrem com dores ou inchaços após o dia de trabalho

Um estudo recente aponta que uma grande parcela da população adulta relata sentir dores e inchaços após um longo dia de trabalho.

Autor: Divulgação

Maioria dos adultos sofrem com dores ou inchaços após o dia de trabalho

Novo corpo, novo indivíduo, novo eu

A cirurgia desempenha um papel importante na vida dos pacientes pós-bariátrica.

Autor: Simone Barros

Novo corpo, novo indivíduo, novo eu

Queloide: o que é e como evitar?

Queloide é uma condição dermatológica caracterizada pelo crescimento anormal de tecido cicatricial.

Autor: Divulgação

Queloide: o que é e como evitar?

Dor no calcanhar afeta 1 em cada 10 pessoas depois dos 40 anos

A fascite plantar é uma doença caracterizada pela degeneração progressiva da fáscia plantar, tecido que se estende do osso do calcanhar até a planta do pé.

Autor: Divulgação

Dor no calcanhar afeta 1 em cada 10 pessoas depois dos 40 anos

O calor passa, uma cicatriz, não!

O verão, conhecido pela temporada de férias, altas temperaturas e dias ensolarados, pode ser uma estação interessante para quem está considerando passar por uma cirurgia plástica.

Autor: ‌Felipe Villaça

O calor passa, uma cicatriz, não!

Cinco formas de lidar com a enxaqueca no dia a dia

Doença está entre as complicações mais incapacitantes do mundo, segundo dados da Organização Mundial de Saúde.

Autor:  Dra. Jackeline Barbosa

Cinco formas de lidar com a enxaqueca no dia a dia

Ipsemg passará a oferecer serviço de assistência domiciliar

Instituto está com edital aberto para a contratação de prestadores para o serviço.

Autor: Divulgação


Burnout: síndrome envolve sintomas físicos, mentais e emocionais

A Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) avalia que 12 bilhões de dias de trabalho são perdidos em decorrência de depressão e ansiedade, o que gera uma perda em torno de US$ 1 trilhão à economia global.

Autor: Prof. Dra. Denise Pará Diniz

Burnout: síndrome envolve sintomas físicos, mentais e emocionais

Onda de calor aumenta o risco de desidratação em idosos

Menor percepção de sede é o principal problema na hidratação das pessoas mais velhas.

Autor: Dr. Mauricio Ventura

Onda de calor aumenta o risco de desidratação em idosos