Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Coronavírus: cinco cuidados com a saúde bucal

Coronavírus: cinco cuidados com a saúde bucal

13/04/2020 Divulgação

Usar o enxaguante bucal corretamente e higienizar regularmente as escovas de dente são algumas das dicas.

Coronavírus: cinco cuidados com a saúde bucal

O primeiro caso de coronavírus no mundo surgiu em novembro de 2019 e, desde então, mais de um milhão de pessoas foram infectadas. No Brasil, a epidemia chegou em março e fez a população entrar em quarentena. A Covid-19 vem de uma grande família de vírus que causam desde resfriados comuns até pneumonias com sintomas mais graves

. Entre os vários meios de prevenção, a higiene das mãos é o mais recomendado pelos especialistas, contudo, os cuidados com a saúde bucal são aliados importantes para evitar a propagação da doença.

"O contágio é feito principalmente por vias respiratórias, pelo ar e também por gotículas que vem com o espirro e a tosse, por exemplo. Nossa boca pode acabar se tornando um dos maiores transmissores do vírus, então neste momento os cuidados com a saúde bucal permanecem os mesmos, mas devem ser reforçados", explica a cirurgiã dentista Dra. Edrielle Santana.

Confira abaixo algumas dicas que ela separou para te ajudar a manter e reforçar os cuidados com sua saúde bucal.

1 - Lave as mãos antes da escovação e do uso do fio dental: as mãos estão sempre em contato com todo tipo de superfície e é um dos meios de transmissão do vírus. A cirurgiã dentista indica sempre lavá-las antes e depois da escovação e do uso do fio.

2 - Higienize frequentemente a escova de dente: ela é uma fonte de diversas bactérias e fazer a limpeza regularmente evita a proliferação dessas doenças. Se possível, limpar o cabo ao menos duas vezes na semana com álcool e, para a limpeza das cerdas, uma boa dica são as pastilhas efervescentes usadas para limpeza de contenções e próteses em geral ou enxaguante bucal. Aliado a isso, continua valendo a regra de trocar a escova de dente a cada três meses ou, se apresentar algum sintoma, ela deve ser trocada assim que for confirmado que a pessoa está livre do vírus.

3 - Enxaguante bucal não mata o vírus: além de não evitar o contágio da Covid-19, o uso exagerado pode ter efeitos maléficos, como a perda do paladar. Segundo a Dra. Edrielle, o ideal é usar o enxaguante bucal de acordo com a recomendação do dentista para evitar problemas.

4 - Ir ao dentista apenas em caso de urgência: devido às recomendações de quarentena, alguns consultórios estão priorizando os atendimentos de urgência, conforme orientado pelo Conselho Federal de Odontologia, Ministério da Saúde e Anvisa. Alguns dos procedimentos que se encaixam como urgência são quebra de dentes, dores constantes e sangramentos. Edrielle salienta que se estiver com alguns desses problemas, não hesite em procurar um dentista.

5 - Evite beijos: o sentido da quarentena é o distanciamento ou isolamento social, onde o contato físico deve ser evitado ao máximo. Sabemos que um dos principais transmissores do novo coronavírus é a boca, então por mais difícil que possa parecer, evitar beijos e abraços é necessário. É recomendável que o casal durma até em camas separadas caso algum dos dois apresente os sintomas. Dessa maneira, se evita a propagação do vírus e garante um lar seguro para todos.

Fonte: Passoavanti



Quer envelhecer vivendo mais e melhor?

Então cuide agora da sua pressão arterial.

Autor: Felipe Vecchi

Quer envelhecer vivendo mais e melhor?

Glaucoma atinge milhões de pessoas no país e pode causar a perda de visão

Campanha Maio Verde visa estimular a conscientização sobre o diagnóstico precoce da doença, que tem progressão lenta e assintomática.

Autor: Divulgação

Glaucoma atinge milhões de pessoas no país e pode causar a perda de visão

Desconforto no joelho sem causa aparente?

Problema pode estar no quadril, alerta especialista.

Autor: Divulgação

Desconforto no joelho sem causa aparente?

Transplante capilar: cada paciente é de um jeito

Realizar o transplante capilar é um sonho para muitas pessoas com calvície ou com outros problemas que resultam na queda de cabelo.

Autor: ‌Melina Oliveira

Transplante capilar: cada paciente é de um jeito

O que o seu “catarro” quer dizer?

Especialista explica as principais doenças que podem causar a secreção na garganta e como tratar.

Autor: Divulgação

O que o seu “catarro” quer dizer?

Prevenção cardiovascular: quanto mais cedo melhor!

Em artigo, cardiologista da Unimed Araxá explica a importância de modificar fatores que originam as doenças.

Autor: Dr. Flávio Paes

Prevenção cardiovascular: quanto mais cedo melhor!

O tempo seco e as alergias

Com uma nova onda de calor chegando aliada ao tempo seco, comum nesta época do ano, as alergias respiratórias ganham força.

Autor: Divulgação

O tempo seco e as alergias

Sono ruim aumenta risco de glaucoma em até 20%, diz estudo

Ronco e sonecas durante o dia também aumentam chance de ter um glaucoma.

Autor: Divulgação

Sono ruim aumenta risco de glaucoma em até 20%, diz estudo

O que você precisa saber sobre a doença do beijo

Dr. Ricardo Kores, médico infectologista do HC-UFU responde às principais dúvidas.

Autor: Divulgação

O que você precisa saber sobre a doença do beijo

Nascimento prematuro e autismo: Existe relação?

Neuropediatra e membro do Conselho Científico da ONG Prematuridade.com explica a questão.

Autor: Divulgação

Nascimento prematuro e autismo: Existe relação?

7 fatos que você precisa saber antes de cogitar uma plástica

49,5% dos profissionais processados por erros médicos não tinham certificados em cirurgia plástica.

Autor: Divulgação

7 fatos que você precisa saber antes de cogitar uma plástica

Frutose, álcool e café: qual relação com a gordura no fígado?

Endocrinologista responde a dez dúvidas sobre a esteatose hepática.

Autor: Dra. Marília Bortolotto

Frutose, álcool e café: qual relação com a gordura no fígado?