Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Jogos, tecnologia e exercícios físicos são aliados dos idosos durante distanciamento social

Jogos, tecnologia e exercícios físicos são aliados dos idosos durante distanciamento social

22/05/2020 Divulgação

Atividades são grandes aliadas na preservação da saúde física e mental durante esse período.

Jogos, tecnologia e exercícios físicos são aliados dos idosos durante distanciamento social

O distanciamento social imposto pela pandemia do novo coronavírus é fundamental para proteção da população idosa que é a mais ameaçada pela covid-19. Mas há um componente fundamental a respeito desse distanciamento que é preciso ficar atento para preservar o bem estar das pessoas com mais de 60 anos: o cuidado com a saúde física e mental.

Ficar longe das pessoas tem um impacto muito grande tanto o corpo como na mente dessa população, mas existem várias formas de suprir a falta de contato com outras pessoas e a quebra abrupta da rotina.

De acordo com a psicóloga, especialista em Gerontologia, membro da diretoria da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG), Valmari Aranha, a falta de contato com novos assuntos que não seja sobre a pandemia, tem uma significativa importância cognitiva que pode ser abalada em função do isolamento e da falta de interação com outras pessoas. “Com o distanciamento social os idosos acabam interagindo e conversando menos, pois ficam o tempo todo dentro de casa, muitos isolados do restante da população, o que acaba se refletindo na diminuição do contato com diferentes assuntos”, afirma.

Por isso, algumas estratégias como incluir jogos, especialmente de tabuleiro que envolvam outras pessoas, como dama, xadrez, bingo, os clássicos Banco Imobiliário, Imagem e Ação e Master, ou até mesmo jogos de cartas e palavras-cruzadas ajudam a melhorar a função cognitiva. “Jogos são uma forma de trabalhar o foco e forçam a prestar atenção em uma única atividade, o que ajuda a trabalhar a memória e funções cerebrais que são importantes para o dia a dia”, explica a psicóloga.

Atividades como ouvir música, e nas quais a pessoa se distraia também são muito úteis, pois fazem com que o idoso ocupe a mente com outras coisas. No caso das atividades físicas elas ainda trazem o benefício de possibilitar que o idoso se mantenha em forma, além da melhora do humor decorrente da liberação da endorfina que gera energia e motivação. É possível realizar algumas atividades físicas simples dentro de casa como caminhadas curtas, levantar e sentar da cadeira algumas vezes e subir e descer nas pontas dos pés com algum apoio, lembrando a importância de sempre contar com o apoio de um especialista.

Fonte: RS Press



Desconforto no joelho sem causa aparente?

Problema pode estar no quadril, alerta especialista.

Autor: Divulgação

Desconforto no joelho sem causa aparente?

Transplante capilar: cada paciente é de um jeito

Realizar o transplante capilar é um sonho para muitas pessoas com calvície ou com outros problemas que resultam na queda de cabelo.

Autor: ‌Melina Oliveira

Transplante capilar: cada paciente é de um jeito

O que o seu “catarro” quer dizer?

Especialista explica as principais doenças que podem causar a secreção na garganta e como tratar.

Autor: Divulgação

O que o seu “catarro” quer dizer?

Prevenção cardiovascular: quanto mais cedo melhor!

Em artigo, cardiologista da Unimed Araxá explica a importância de modificar fatores que originam as doenças.

Autor: Dr. Flávio Paes

Prevenção cardiovascular: quanto mais cedo melhor!

O tempo seco e as alergias

Com uma nova onda de calor chegando aliada ao tempo seco, comum nesta época do ano, as alergias respiratórias ganham força.

Autor: Divulgação

O tempo seco e as alergias

Sono ruim aumenta risco de glaucoma em até 20%, diz estudo

Ronco e sonecas durante o dia também aumentam chance de ter um glaucoma.

Autor: Divulgação

Sono ruim aumenta risco de glaucoma em até 20%, diz estudo

O que você precisa saber sobre a doença do beijo

Dr. Ricardo Kores, médico infectologista do HC-UFU responde às principais dúvidas.

Autor: Divulgação

O que você precisa saber sobre a doença do beijo

Nascimento prematuro e autismo: Existe relação?

Neuropediatra e membro do Conselho Científico da ONG Prematuridade.com explica a questão.

Autor: Divulgação

Nascimento prematuro e autismo: Existe relação?

7 fatos que você precisa saber antes de cogitar uma plástica

49,5% dos profissionais processados por erros médicos não tinham certificados em cirurgia plástica.

Autor: Divulgação

7 fatos que você precisa saber antes de cogitar uma plástica

Frutose, álcool e café: qual relação com a gordura no fígado?

Endocrinologista responde a dez dúvidas sobre a esteatose hepática.

Autor: Dra. Marília Bortolotto

Frutose, álcool e café: qual relação com a gordura no fígado?

As causas da má saúde causa pressão sobre o setor

A incapacidade de tornar a saúde da população uma prioridade leva a pressões crescentes sobre o sistema de saúde.

Autor: Mara Machado

As causas da má saúde causa pressão sobre o setor

Longevidade: dicas práticas do dia a dia para prevenir osteoporose

Refeições pobres em proteína levam à redução da massa óssea.

Autor: Divulgação

Longevidade: dicas práticas do dia a dia para prevenir osteoporose