Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Medicamentos à base de cannabis

Medicamentos à base de cannabis

04/03/2020 Mario Barros Filho

Nova regulamentação para atuação de farmacêuticos abrange medicamentos à base de cannabis.

O Conselho Federal de Farmácia (CFF) regulamentou recentemente a atuação dos farmacêuticos na distribuição e assistência farmacêuticas de pacientes quanto ao uso de medicamentos e produtos à base de cannabis, que passarão a ser comercializados em farmácias nos próximos dias.

A Resolução 680, de 20 de fevereiro de 2020, garante que o farmacêutico tem amparo do seu conselho para proporcionar medicamentos e outros produtos derivados da cannabis a um paciente (dispensação), afastando, assim, qualquer responsabilização de ordem ética, o que traz maior segurança na sua atuação.

Importante destacar que a resolução estabelece requisitos que são necessários à atuação do farmacêutico na comercialização dos medicamentos à base de cannabis, como ato exclusivo do farmacêutico.

Isso é por delimitar a quem compete isso, vez que o farmacêutico é quem informa e orienta o paciente a respeito do uso adequado dos medicamentos, sua conservação e descarte.

A expectativa é que se estabeleça controles farmacêuticos rigorosos não só para a produção destes medicamentos e produtos, mas também para a dispensação e eventual rastreamento de usuários destas substâncias.

A resolução confirmou que a dispensação é somente dentro de farmácias ou drogarias, com prescrição apenas por médicos. Foi uma boa percepção de não querer inovar.

É, ao mesmo tempo, um reforço da legislação da ANVISA existente com a confirmação da conduta ética, de acordo com os preceitos da profissão do farmacêutico.

Devemos parabenizar o CFF pela iniciativa de regulamentar este ato profissional do farmacêutico, conduta que deve ser cobrada de outros conselhos profissionais (em especial do Conselho Federal de Medicina). Mas isso não é suficiente.

É indispensável que se debata e regulamente a atuação de outros profissionais da área da saúde em relação aos medicamentos e produtos de cannabis.

É sabido por todos que a discussão a respeito de produtos relacionados à cannabis deve ser multidisciplinar, norteada pelos princípios dos direitos humanos e da bioética.

A indeterminação ainda existente acerca do assunto, dentro de uma série de questões, provavelmente também causará problemas de ordem éticas em relação a prescrição de produtos de cannabis, explica-se.

Por se tratarem de compostos com potencial terapêutico, quem procura medicamentos e produtos de Cannabis busca a cura ou o alívio para alguma doença ou comorbidade.

Em razão disso, a prescrição por um médico é ato relevante e pode levar a algumas situações de ordem ética: ser clinicamente indicada, mas o médico não aceitar prescrever por objeção de consciência (isto é, por questões culturais pessoais, como ocorre no Brasil em muitos casos de aborto terapêutico); ser indicada a prescrição, mas o médico temer a punição ética por violar resolução antiga de conselho, em vigor e não formalmente revogada; ser indicada a prescrição, mas a instituição que o médico trabalha ser contrária a esta terapêutica, contrariando o princípio do melhor interesse do paciente.

Em suma, recomendamos que os profissionais cobrem que seus conselhos profissionais regulamentem o tema, que levem o tema para debate nos comitês de bioética, nos comitês de ética em pesquisa e, eventualmente, nas comissões de ética médica das instituições que trabalham.

É essencial, como um problema multifatorial, que a sociedade brasileira redefina e amplie os parâmetros científicos e morais de atuação nesse tema.

* Mario Barros Filho é advogado, professor do Curso de Medicina da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde do Hospital Albert Einstein e sócio fundador do escritório BFAP Advogados.

Fonte: Ex-Libris Comunicação Integrada



Por que o frio é um dos vilões para o cabelo?

A queda de cabelo costuma ser o terror de muita gente. E a chegada do frio torna esse pesadelo ainda mais intenso.

Autor: ‌Melina Oliveira

Por que o frio é um dos vilões para o cabelo?

A era da saúde digital chegou: seus conflitos éticos também

A chamada era digital já transformou toda a área da saúde. Saúde Digital

Autor: Thiago Rocha da Cunha 

A era da saúde digital chegou: seus conflitos éticos também

Queimadas, poluição e tempo seco: como fica a saúde respiratória e ocular?

Cerca de 25% apresentam a síndrome do olho seco nesta época do ano.

Autor: Divulgação

Queimadas, poluição e tempo seco: como fica a saúde respiratória e ocular?

Veranico com calor e poluição é risco para quem faz atividades ao ar livre

Professor de Medicina do Esporte dá dicas de como evitar problemas causados por essa combinação.

Autor: Divulgação

Veranico com calor e poluição é risco para quem faz atividades ao ar livre

O que comer para evitar resfriados e fortalecer o sistema imunológico?

Com a chegada do inverno no próximo dia 21, as temperaturas caem, a umidade aumenta e os vírus e bactérias se propagam com mais facilidade.

Autor: Divulgação

O que comer para evitar resfriados e fortalecer o sistema imunológico?

O tempo seco e as alergias

Com uma nova onda de calor chegando aliada ao tempo seco, comum nesta época do ano, as alergias respiratórias ganham força.

Autor: Divulgação

O tempo seco e as alergias

Nutrição e atividade física: saúde do corpo e da mente

A nutrição adequada fornece ao corpo os nutrientes necessários para funcionar corretamente.

Autor: Divulgação

Nutrição e atividade física: saúde do corpo e da mente

Cigarro: eletrônico ou “analógico”, é preciso se livrar dele!

Médicos do Hospital Paulista alertam para as diferentes formas de consumo da nicotina, todas prejudiciais à saúde.

Autor: Divulgação

Cigarro: eletrônico ou “analógico”, é preciso se livrar dele!

Quer envelhecer vivendo mais e melhor?

Então cuide agora da sua pressão arterial.

Autor: Felipe Vecchi

Quer envelhecer vivendo mais e melhor?

Glaucoma atinge milhões de pessoas no país e pode causar a perda de visão

Campanha Maio Verde visa estimular a conscientização sobre o diagnóstico precoce da doença, que tem progressão lenta e assintomática.

Autor: Divulgação

Glaucoma atinge milhões de pessoas no país e pode causar a perda de visão

Desconforto no joelho sem causa aparente?

Problema pode estar no quadril, alerta especialista.

Autor: Divulgação

Desconforto no joelho sem causa aparente?

Transplante capilar: cada paciente é de um jeito

Realizar o transplante capilar é um sonho para muitas pessoas com calvície ou com outros problemas que resultam na queda de cabelo.

Autor: ‌Melina Oliveira

Transplante capilar: cada paciente é de um jeito