Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Ministério da Saúde classifica cirurgia bariátrica como eletiva essencial

Ministério da Saúde classifica cirurgia bariátrica como eletiva essencial

13/07/2021 Divulgação

As cirurgias bariátricas foram restringidas em todo o país devido a pandemia.

Ministério da Saúde classifica cirurgia bariátrica como eletiva essencial

A cirurgia bariátrica foi classificada pelo Ministério da Saúde como um dos procedimentos eletivos essenciais e que deverá ser priorizada na saúde pública e suplementar com retomada dos procedimentos em até 12 semanas. A recomendação integra as Diretrizes da Atenção Especializada no Contexto da Pandemia de COVID-19, publicada pela pasta nesta quarta-feira (7).

A inclusão da cirurgia para o tratamento da obesidade no documento é fruto dos esforços da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM) junto ao Ministério da Saúde, tendo em vista que muitos pacientes precisam ser operados devido ao agravamento de comorbidades associadas ao excesso de peso.

As cirurgias bariátricas foram restringidas em todo o país devido a pandemia, com uma queda em 69,9% no número de procedimentos realizados pelo SUS no último ano.

O presidente da SBCBM, Dr. Fábio Viegas, reforçou que a cirurgia bariátrica não pode ser vista como um procedimento com fins estéticos, mas como um tratamento que devolve a qualidade de vida para muitas pessoas.

"Com essa nova classificação, a cirurgia bariátrica passa a integrar a lista de procedimentos essenciais para a saúde de uma grande parcela da população. Estaremos reduzindo as chances de internamento, de amputações, de retinopatias, de cardiopatias, entre outras consequências acarretadas por doenças crônicas ocasionadas pela obesidade", comemora Viegas.

Para mais informações sobre cirurgia bariátrica clique aqui.

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: SBCBM



Muito além do chip da beleza

Você, com certeza, nos últimos meses já ouviu falar do famoso “chip” da beleza.


Evolução da telessaúde

Maior segurança e respeito à autonomia de profissionais e pacientes.


Minas mobiliza população para receber proteção contra sarampo e gripe

Ações para estimular a vacinação ocorrem em todo o estado, pois coberturas contra o sarampo e a gripe continuam baixas.

Minas mobiliza população para receber proteção contra sarampo e gripe

Terapia de estimulação cerebral profunda pode reduzir até 80% dos tremores causados pelo Parkinson

A cirurgia é um recurso muito importante e deve ser considerada para alguns pacientes.

Terapia de estimulação cerebral profunda pode reduzir até 80% dos tremores causados pelo Parkinson

Quais os sintomas da candidíase?

A candidíase é uma infecção causada por uma levedura (um tipo de fungo) chamada Candida albicans.


O Influenza também está no nosso foco

Falar em vacinação nos dias de hoje nos tende a remeter quase que exclusivamente ao combate à Covid-19.

O Influenza também está no nosso foco

A nova era da Telemedicina no Brasil

Alguns números atestam que as consultas virtuais estão sendo utilizadas cada vez mais no país.

A nova era da Telemedicina no Brasil

É inaceitável que pessoas ainda morram de malária

Esta semana, de 25 a 29 de abril, marca a luta mundial contra a malária.


Transtornos psiquiátricos catalisados pelo luto de vítimas de COVID-19

Médico psiquiatra comenta a situação exclusiva de pessoas que perderam parentes queridos durante a pandemia. A ansiedade e o transtorno de humor são os mais prevalentes nesses casos.

Transtornos psiquiátricos catalisados pelo luto de vítimas de COVID-19

8 alimentos para incluir na dieta se você tem dores crônicas

Nutricionista fala sobre o poder dos alimentos para a nossa saúde.

8 alimentos para incluir na dieta se você tem dores crônicas

Pesadelo na hora do sono: apneia atinge 70 milhões de brasileiros

Por muito tempo o hábito de roncar tem sido visto como motivo de chacota ou algo corriqueiro.

Pesadelo na hora do sono: apneia atinge 70 milhões de brasileiros

Tireoide não é a culpada pelo ganho de peso

É muito comum algumas pessoas associarem o ganho de peso excessivo e inexplicado a um problema de tireoide, chamado de hipotireoidismo que nada mais é, a falta dos hormônios tireoidianos.