Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Mitos e verdades sobre fissura labial

Mitos e verdades sobre fissura labial

18/03/2020 Dr. Fabio Sato

A fissura labial, também conhecida como lábio leporino, é uma anomalia na qual a criança já nasce com ela.

De acordo com dados da Organização das Nações Unidas, a cada 700 bebês nascidos, uma nasce com a má-formação.

No entanto, poucas pessoas conhecem o assunto e entendem de fato quais informações são verdadeiras e quais são falsas, por isso o Dr. Fábio Sato, especialista bucomaxilofacial, explica um pouco mais sobre o assunto:

MITO - Essa má-formação, diferente de algumas lendas, não é causada pelos desejos da mãe durante a gestação e sim, pela falta do ácido fólico e por isso muitas remédios complementares com essa vitamina são indicado para grávidas.

VERDADE - As causas podem ser multifatoriais, mas ainda não se sabe ao certo qual o principal fator para causar uma fissura labial. Uma das hipóteses seria o gene da família, ou seja, quando já ocorreu uma ocorrência dessa anomalia, a chances de acontecer novamente aumentam.

MITO - Os lábios palatais, não estão relacionados a nenhuma deficiência intelectual, logo, os bebês e recém nascidos terão um desenvolvimento comum, desde que tenham o tratamento correto, ainda quando bebês.

VERDADE - A má-formação existe em dois níveis de complexidade, a mais simples ocorre apenas nos lábios e a mais complicada pode afetar o céu da boca e o nariz, trazendo uma facilidade maior de desenvolver possíveis doenças cardíacas e infecções nasais.

MITO - Esperar a criança crescer pode trazer complicações graves para a sua saúde, como dificuldades dentárias. Ao mesmo tempo, realizar a cirurgia em um recém-nascido é arriscado, o ideal para os casos mais simples é com 10 semanas de idade, e para os casos mais complexos com 1 ano.

VERDADE - É possível descobrir se a criança nascerá com a fissura a partir de ultrassons e acompanhamento do pré-natal. Os pais muita vezes se sentem culpados e é necessário entender que essa situação pode acontecer com qualquer família e que não são de suas responsabilidades.

MITO - O tratamento não é feito apenas com o cirurgião, ele exige uma equipe multifuncional, que vão desde pediatras até fonoaudiólogos. O acompanhamento psicológico é importante principalmente para os pais, para que eles consigam entender a situação, pois as crianças, por serem muito novas não tem consciência do que está, de fato, ocorrendo.

VERDADE - Muitas vezes, na adolescência é possível fazer mais uma cirurgia, para que diminua o tamanho da cicatriz, melhorando a aparência que para os jovens é tão importante.

* Dr. Fábio Sato - Formado pela Odontologia na USP, é mestre e doutor em Cirurgia Bucomaxilofacial. Sua atuação é principalmente no tratamento da Disfunção Temporomandibular através de procedimentos minimamente invasivos, Cirurgia Ortognática para Correção das Deformidades Dentofaciais, além de outros procedimentos como Enxertos Ósseos, Implantes Dentários e demais relacionados à área.

Fonte: MGAS Press



Redes sociais e games em excesso causam tanta dependência quanto as drogas

A informação torna-se preocupante quando se verifica o quanto a internet está presente no cotidiano. Brasil é o segundo país onde se permanece mais tempo conectado durante o dia.

Redes sociais e games em excesso causam tanta dependência quanto as drogas

Pré-diabetes: como reverter o problema por meio de hábitos saudáveis

O diabetes é uma das principais doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) que acometem os brasileiros.

Pré-diabetes: como reverter o problema por meio de hábitos saudáveis

Gravidez depois dos 35: o que você precisa saber

Especialista explica principais mitos e verdades para mulheres que querem engravidar depois dos 35 anos.

Gravidez depois dos 35: o que você precisa saber

Low carb pode ser adotada por diferentes tipos de pessoas conforme necessidades e objetivos

Estratégia alimentar é recomendada para quem sofre de obesidade, diabetes e síndrome metabólica.

Low carb pode ser adotada por diferentes tipos de pessoas conforme necessidades e objetivos

Prematuros podem apresentar dificuldades no processamento sensorial

Especialista alerta para as morbidades que resultam do nascimento prematuro.

Prematuros podem apresentar dificuldades no processamento sensorial

Asma atinge 20 milhões de brasileiros

Pacientes com asma grave podem ter qualidade de vida com imunobiológicos.

Asma atinge 20 milhões de brasileiros

E se eu não quiser me vacinar? Eis a dúvida do “eu” e do “nós”

É fato que a pandemia colocou uma lupa nas desigualdades sociais e econômicas que já existiam.


Estudo mostra que mais de 90% da população desconhecem a psoríase

Portadores da doença, que não é contagiosa, sofrem preconceito.

Estudo mostra que mais de 90% da população desconhecem a psoríase

Qual a doença que mata 1 pessoa a cada 8 segundos no mundo?

Para controlar a doença, os níveis de glicose no sangue devem ser rastreados com frequência.

Qual a doença que mata 1 pessoa a cada 8 segundos no mundo?

A obesidade como fator de risco para câncer da próstata

O câncer da próstata é o segundo mais frequente entre os homens, ficando atrás apenas do câncer de pele não-melanoma.

A obesidade como fator de risco para câncer da próstata

Estrabismo pode levar à perda da visão binocular

Cirurgia de correção pode ser feita em bebês em casos de estrabismo congênito.

Estrabismo pode levar à perda da visão binocular

Retenção de líquido: como acabar com o inchaço no corpo?

Conheça os melhores tratamentos e dicas para acabar com o problema sem sair de casa.

Retenção de líquido: como acabar com o inchaço no corpo?