Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Nova tecnologia vai beneficiar 500 milhões de pacientes que sofrem com diabetes

Nova tecnologia vai beneficiar 500 milhões de pacientes que sofrem com diabetes

17/01/2020 Da Redação

A nova tecnologia foi desenvolvida pela empresa  Oramed Pharmaceuticals e poderá revolucionar os métodos de tratamento para milhões de pessoas que sofrem de diabetes.

Em vez de injetar insulina diariamente, a Oramed desenvolveu uma cápsula de insulina para diabetes tipo 1 e tipo 2 que pode ser consumida por via oral.

Até agora, havia dois principais obstáculos ao uso de insulina na forma de pílula. Primeiro, uma degradação resultante da digestão oral e, segundo, o tamanho da insulina, que é grande demais para entrar na corrente sanguínea sem injeção direta.

“A tecnologia da Oramed, desenvolvida por minha mãe e pelo professor Avram Hershko, ganhador do Prêmio Nobel, nos permite superar esses obstáculos”, disse o CEO israelense da Oramed Pharmaceuticals, Nadav Kidron, ao site da i24NEWS em entrevista realizada na cidade de Nova York.

"O resultado final é que você pode colocar a insulina ou outros medicamentos feitos de peptídeos e liberá-los pelo fígado e de lá para a corrente sanguínea", disse Kidron. “No entanto, a cápsula ainda não está registrada como medicamento e ainda pode levar de três a quatro anos antes de passar em todos os testes exigidos pela FDA”, completou.

O mercado chinês, que consiste em cerca de 170 milhões de pessoas que sofrem de diabetes poderá começar a receber o medicamento antes do mercado americano, confirmou Kidron. "Quase 10% da população mundial sofre de diabetes, por isso existem muitas empresas trabalhando em diferentes maneiras de melhorar esta situação. A Oramed é a líder mundial em produzir insulina por via oral e colocá-la no mercado", disse.



Violência “no touch”

O assédio moral pode trazer sequelas emocionais e físicas.


Esfoliação ideal para uma pele linda e renovada

Dicas para manter uma pele saudável e bem cuidada.

Esfoliação ideal para uma pele linda e renovada

Fevereiro é mês de conscientização do Lúpus, Fibromialgia e Alzheimer

Embora sejam doenças que não têm cura o diagnóstico precoce e correto pode garantir melhor qualidade de vida aos pacientes.

Fevereiro é mês de conscientização do Lúpus, Fibromialgia e Alzheimer

Exercícios físicos x uso de prótese nos seios

O implante de próteses nos seios é uma das cirurgias plásticas mais procuradas pelas brasileiras.

Exercícios físicos x uso de prótese nos seios

Campanha Nacional de Vacinação contra sarampo foca em crianças e jovens

Nesta primeira etapa serão enviadas 660 mil doses da tríplice viral, destinadas a crianças e jovens entre 5 e 19 anos.

Campanha Nacional de Vacinação contra sarampo foca em crianças e jovens

Como utilizar corretamente o protetor solar

Dicas simples que podem te ajudar de forma correta este produto indispensável para a saúde.

Como utilizar corretamente o protetor solar

Transtorno de conduta infantil

O Transtorno de conduta (TC) não é uma simples desobediência.


Volta às aulas: as vacinas estão em dia?

A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) recomenda que as vacinas das crianças e dos adolescentes estejam em dia.

Volta às aulas: as vacinas estão em dia?

Artrose nas mãos é comum, mas pode ser evitada

Doença normalmente associada à idade avançada, pode se manifestar muito cedo, causando dores e limitações motoras, mas é possível atenuar seus efeitos.

Artrose nas mãos é comum, mas pode ser evitada

Dia Nacional da Mamografia: um alerta sobre a importância do exame

Prevenção pode detectar lesões assintomáticas e possibilita tratamento do câncer de mama em fase inicial.

Dia Nacional da Mamografia: um alerta sobre a importância do exame

Hanseníase: entenda a doença

Considerada uma das doenças mais antigas do mundo, a Hanseníase foi registrada pela primeira vez no século 6 a.C., sendo conhecida naquela época como lepra.


Brasil terá 625 mil novos casos de câncer por ano até 2022

Para a população infantojuvenil são esperados mais de 8 mil casos, diz Inca.

Brasil terá 625 mil novos casos de câncer por ano até 2022