Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Os principais cuidados com o pré e pós operatório de um implante dentário

Os principais cuidados com o pré e pós operatório de um implante dentário

17/03/2020 Divulgação

Especilista comenta sobre o procedimento dentário que é simples, mas se não tiver a atenção necessária, pode se tornar um problema sério.

Os principais cuidados com o pré e pós operatório de um implante dentário

Entre várias especialidades presentes na odontologia, a implantodontia talvez seja aquela que gera mais dúvidas aos pacientes, já que os implantes vêm se tornando cada vez mais comum entre os brasileiros. Segundo a Associação Brasileira de Indústria Médica, Odontológica e Hospitalar (Abimo), cerca de 800 mil implantes são colocados por ano no país.

Para a realização do procedimento, é necessária uma cirurgia, como se fosse de retirada de siso, mas com um pouco mais de cautela. Apesar de ser simples, é necessário que se tenha cuidados específicos. O Dr. Eric Daldegan, implantodontista e protesista, preparou algumas dicas com os principais cuidados necessários pré e pós operatório.

Pré operatório

Antes de iniciar o processo, o paciente que deseja fazer um implante dentário deve passar por uma entrevista com o odontologista de sua preferência, para assim, contar um pouco sobre a condição de saúde, o histórico familiar e, principalmente se existe alguma doença que possa impedir o procedimento.

Logo após a primeira conversa, o dentista irá solicitar alguns exames, como o clínico, a radiografia e a tomografia. Diante dos resultados, o profissional vai avaliar as condições de saúde bucal e se é possível fazer a colocação do implante, qual tipo deve ser utilizado e quais medidas deve ter o dispositivo.

Depois de toda a avaliação e da realização dos exames, o preparo para a cirurgia começa. Para isso, alguns medicamentos como antibióticos e antiinflamatórios podem ser indicados para evitar infecções ou outros problemas antes, durante ou depois do procedimento.

No dia da cirurgia, o indicado é que o paciente não coma coisas pesadas e esteja se sentindo bem, pois apesar de não ser uma cirurgia longa, é necessário que tudo encontre-se em perfeito estado.

Pós-operatório

Depois da cirurgia, é necessário um repouso total de 48 horas, para evitar sangramentos, edemas e infecções. O descanso ajuda na recuperação e, também, na cicatrização, duas fases essenciais do pós operatório.

O paciente precisará ser medicado com alguns remédios para evitar dor e será orientado a fazer uma limpeza bucal adequada, onde nas primeiras 72 horas não deve ser realizado qualquer tipo de bochecho, por conta dos pontos. Depois desse período, o odontologista costuma recomendar um antisséptico para ser utilizado.

Após a cirurgia, é comum ficar um pouco inchado a região, pois teve muito contato. Para isso, os dentistas costumam indicar aplicação de compressas geladas e. Além disso, deve-se ter um cuidado muito maior na hora da alimentação. O esforço realizado na hora da mastigação, por exemplo, pode atrapalhar a cicatrização.

Por fim, continuar o acompanhamento com o dentista é muito importante, pois as consultas são fundamentais para que o especialista verifique as condições do implante.

Fonte: Dr. Eric Daldegan e MGA Press



O Influenza também está no nosso foco

Falar em vacinação nos dias de hoje nos tende a remeter quase que exclusivamente ao combate à Covid-19.

O Influenza também está no nosso foco

A nova era da Telemedicina no Brasil

Alguns números atestam que as consultas virtuais estão sendo utilizadas cada vez mais no país.

A nova era da Telemedicina no Brasil

É inaceitável que pessoas ainda morram de malária

Esta semana, de 25 a 29 de abril, marca a luta mundial contra a malária.


Transtornos psiquiátricos catalisados pelo luto de vítimas de COVID-19

Médico psiquiatra comenta a situação exclusiva de pessoas que perderam parentes queridos durante a pandemia. A ansiedade e o transtorno de humor são os mais prevalentes nesses casos.

Transtornos psiquiátricos catalisados pelo luto de vítimas de COVID-19

8 alimentos para incluir na dieta se você tem dores crônicas

Nutricionista fala sobre o poder dos alimentos para a nossa saúde.

8 alimentos para incluir na dieta se você tem dores crônicas

Pesadelo na hora do sono: apneia atinge 70 milhões de brasileiros

Por muito tempo o hábito de roncar tem sido visto como motivo de chacota ou algo corriqueiro.

Pesadelo na hora do sono: apneia atinge 70 milhões de brasileiros

Tireoide não é a culpada pelo ganho de peso

É muito comum algumas pessoas associarem o ganho de peso excessivo e inexplicado a um problema de tireoide, chamado de hipotireoidismo que nada mais é, a falta dos hormônios tireoidianos.


Você sabe identificar os sinais de um ataque cardíaco?

Quando uma forte dor no peito aparece é um indicativo de que há algo errado acontecendo e é comum associarmos imediatamente a dor com a possibilidade de que seja um infarto.

Você sabe identificar os sinais de um ataque cardíaco?

Comer chocolate realmente aumenta o surgimento de acne?

Dermatologista explica que a guloseima deve ser consumida com moderação. Confira!

Comer chocolate realmente aumenta o surgimento de acne?

Começa vacinação contra a gripe em todo o país

Meta é imunizar 76,5 milhões de pessoas até 3 de junho.

Começa vacinação contra a gripe em todo o país

YouTube lança novas seções de conteúdo de saúde

As novas ferramentas visam ajudar as pessoas a navegarem pela plataforma.

YouTube lança novas seções de conteúdo de saúde

Riscos, físicos e emocionais, provocados por transtornos alimentares

Transtornos alimentares são desordens complexas, causadas e mantidas por diversos fatores sociais, psicológicos e biológicos.

Riscos, físicos e emocionais, provocados por transtornos alimentares