Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Quer envelhecer vivendo mais e melhor?

Quer envelhecer vivendo mais e melhor?

23/05/2024 Felipe Vecchi

Então cuide agora da sua pressão arterial.

Quer envelhecer vivendo mais e melhor?

O número mais alto representa a pressão sistólica – aquela força que o sangue exerce dentro das artérias durante a sístole ventricular – e o número mais baixo é a pressão diastólica - força que o sangue promove dentro das artérias durante a diástole ventricular.

No Brasil, os quadros de pressão alta afetam 32,5% (36 milhões) das pessoas adultas e a incidência em idosos chega a 60%. O número é alarmante. E por que é tão importante manter o controle da pressão arterial para envelhecer bem?

A resposta é certeira: hipertensão arterial sistêmica, quando não tratada adequadamente, vai gerando lesão em muitos outros órgãos fundamentais à vida. Isso porque o sangue circula por eles com uma pressão acima da ideal. Sim, nosso corpo fica mais “desgastado”.

E os órgãos que mais sofrem com o descontrole da pressão arterial são os olhos, os rins, o cérebro e coração. Explico: a alta da pressão sanguínea afeta o funcionamento dos vasos da retina, e estes em um contexto de hipertensão arterial, passam por um processo de “adaptação” que a longo prazo altera o funcionamento da visão, a chamada retinopatia hipertensiva. O mesmo acontece com os vasos sanguíneos que irrigam os rins e o risco, neste caso, é prejudicar o funcionamento renal – a filtragem do sangue que é feita por esses órgãos –, levando à insuficiência renal.

No cérebro, a hipertensão arterial sistêmica é um fator que eleva a possibilidade de síndromes demenciais, como o Alzheimer e o Acidente Vascular Cerebral, o AVC, popularmente conhecido por Derrame. A pressão alterada faz com que coração precise fazer muito mais força para bombear o sangue, levando ao aumento do tamanho do órgão, que vai perdendo sua eficiência ao longo do tempo, e provocando a chamada insuficiência cardíaca.

A pressão arterial controlada é amiga do envelhecimento saudável. Inclusive está na lista de 7 hábitos para um coração mais saudável, da American Heart Association, unindo-se ao controle de doenças tratáveis, como o Colesterol, por exemplo, aliada à prática de atividade física adequada, controle de peso, boa alimentação, não fumar e reduzir os níveis de açúcar no sangue. Coloco nessa lista também a socialização. Aliás, todos esses itens fazem muito bem ao coração – literal e figurativamente.

Parece simples, mas muitas pessoas demonstram resistência ao adotar novos hábitos e cuidar da saúde, mas mudar o estilo de vida hoje pode ser a chave para fazer o que gosta por mais tempo, viver em plenitude, independentemente da idade registrada no documento. A hipertensão arterial sistêmica é silenciosa e, na maioria das vezes, é diagnosticada em exames periódicos ou em uma rotina de aferição dos sinais vitais.

O caminho da longevidade passa sim pelo controle da pressão arterial. É como um investimento para o futuro. Não há mágica. Cuide hoje. Viva com mais qualidade amanhã.

* Felipe Vecchi é médico geriatra, diretor clínico da BSL Saúde e supervisor do Programa de Residência de Clínica Médica do HSPE-IAMSPE.

Para mais informações sobre hipertensão clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Entre para o nosso grupo de notícias no WhatsApp

Todos os nossos textos são publicados também no X

Fonte: Activa Comunicação



Queimadas, poluição e tempo seco: como fica a saúde respiratória e ocular?

Cerca de 25% apresentam a síndrome do olho seco nesta época do ano.

Autor: Divulgação

Queimadas, poluição e tempo seco: como fica a saúde respiratória e ocular?

Veranico com calor e poluição é risco para quem faz atividades ao ar livre

Professor de Medicina do Esporte dá dicas de como evitar problemas causados por essa combinação.

Autor: Divulgação

Veranico com calor e poluição é risco para quem faz atividades ao ar livre

O que comer para evitar resfriados e fortalecer o sistema imunológico?

Com a chegada do inverno no próximo dia 21, as temperaturas caem, a umidade aumenta e os vírus e bactérias se propagam com mais facilidade.

Autor: Divulgação

O que comer para evitar resfriados e fortalecer o sistema imunológico?

O tempo seco e as alergias

Com uma nova onda de calor chegando aliada ao tempo seco, comum nesta época do ano, as alergias respiratórias ganham força.

Autor: Divulgação

O tempo seco e as alergias

Nutrição e atividade física: saúde do corpo e da mente

A nutrição adequada fornece ao corpo os nutrientes necessários para funcionar corretamente.

Autor: Divulgação

Nutrição e atividade física: saúde do corpo e da mente

Cigarro: eletrônico ou “analógico”, é preciso se livrar dele!

Médicos do Hospital Paulista alertam para as diferentes formas de consumo da nicotina, todas prejudiciais à saúde.

Autor: Divulgação

Cigarro: eletrônico ou “analógico”, é preciso se livrar dele!

Glaucoma atinge milhões de pessoas no país e pode causar a perda de visão

Campanha Maio Verde visa estimular a conscientização sobre o diagnóstico precoce da doença, que tem progressão lenta e assintomática.

Autor: Divulgação

Glaucoma atinge milhões de pessoas no país e pode causar a perda de visão

Desconforto no joelho sem causa aparente?

Problema pode estar no quadril, alerta especialista.

Autor: Divulgação

Desconforto no joelho sem causa aparente?

Transplante capilar: cada paciente é de um jeito

Realizar o transplante capilar é um sonho para muitas pessoas com calvície ou com outros problemas que resultam na queda de cabelo.

Autor: ‌Melina Oliveira

Transplante capilar: cada paciente é de um jeito

O que o seu “catarro” quer dizer?

Especialista explica as principais doenças que podem causar a secreção na garganta e como tratar.

Autor: Divulgação

O que o seu “catarro” quer dizer?

Prevenção cardiovascular: quanto mais cedo melhor!

Em artigo, cardiologista da Unimed Araxá explica a importância de modificar fatores que originam as doenças.

Autor: Dr. Flávio Paes

Prevenção cardiovascular: quanto mais cedo melhor!

Sono ruim aumenta risco de glaucoma em até 20%, diz estudo

Ronco e sonecas durante o dia também aumentam chance de ter um glaucoma.

Autor: Divulgação

Sono ruim aumenta risco de glaucoma em até 20%, diz estudo