Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Saiba escolher o melhor protetor solar para sua pele

Saiba escolher o melhor protetor solar para sua pele

13/01/2021 Divulgação

Particularidades nos produtos fazem a diferença em cada tipo de pele.

Saiba escolher o melhor protetor solar para sua pele

O protetor solar é indispensável sempre. Faça sol ou chuva, devemos usá-lo. Ele é responsável por proteger a pele contra a radiação solar, que pode causar queimaduras incômodas, surgimento de pintas, envelhecimento precoce, manchas e, em casos mais graves, o câncer de pele.

Hoje em dia, existe uma grande variedade de tipos de protetor solar no mercado. “As diferenças entre eles é o que difere na hora de ser usado em cada tipo de pele, qual região vai ser protegida, o fator de proteção, coloração e qual é mais confortável e cosmeticamente aceitável para cada um usar”, afirma a dermatologista Ana Vitória Ribeiro Perecini.

Confira algumas dúvidas e respostas com dicas de como encontrar o protetor solar perfeito para você:

Qual fator de proteção devo usar? 

A recomendação é que o protetor seja, no mínimo, de FPS 30. Fatores maiores são indicados para quem possui antecedentes próprios ou familiares de câncer de pele, quem trabalha exposto ao sol, quem possui alguma doença de pele sensível ao sol, como lúpus e rosácea, para quem tem manchas e melasma, entre outros.

É importante lembrar que o FPS se refere à proteção contra os raios UVB, mas não é eficaz contra os raios UVA. Para estes, é importante verificar no rótulo do produto o  PPD, o qual deve estar acima de 10. Portanto, é recomendado procurar por protetores de amplo espectro, que protejam contra ambos.

Qual a maneira correta de usar protetor solar?

O produto deve ser aplicado ainda em casa, cerca de 15 a 30 minutos antes da exposição ao sol, e reaplicado ao longo do dia a cada duas horas. É necessário aplicar uma boa quantidade do produto, equivalente a uma colher de chá rasa para cada região do corpo, face, membros e tronco. É importante aplicar de forma uniforme, em toda área exposta e diariamente, mesmo quando o tempo estiver frio ou nublado, pois a radiação UV atravessa as nuvens.

Além disso, é importante adquirir alguns hábitos como: procurar ficar mais na sombra, evitar o sol das 10h às 16h, quando a radiação UVB é mais intensa e usar acessórios de proteção, como roupas, chapéus e óculos apropriados (de preferência com FPS).

Cremoso, oil free, em spray, qual textura escolher? 

Cada tipo de pele possui a sua particularidade. O cremoso é mais comum e facilmente encontrado, por possuir ação hidratante, é ideal para quem possui a pele seca. A versão oil free, que não contém óleos na composição, é melhor para peles mistas, oleosas ou acneicas. Ele não deixa uma sensação pegajosa e ajuda no controle de oleosidade ao longo do dia. Existem também a versão denominada como toque seco, que deixa um efeito matte na pele.

Por fim, o protetor em spray oferece mais praticidade, indicando principalmente para crianças e em regiões corporais com pelos, pela sua facilidade de aplicação, embora exija maior quantidade para sua eficácia e reaplicação mais frequente.

Posso usar o mesmo protetor no corpo e no rosto? 

Sim, porém, como a pele do corpo geralmente é mais seca que a do roso, optamos por adequar os produtos para cada região, de forma a melhorar o sensorial de cada paciente e também evitar acne. Protetores em loção podem hidratar mais a pele e no, caso dos protetores faciais, podemos optar por produtos que tenham cor e/ou antioxidantes na sua formulação para ajudar a proteger ainda mais contra os efeitos da radiação.

 Protetor labial é mesmo indispensável? 

Muita gente deixa os lábios de lado, mas sim, sua proteção é essencial. Além disso, nada é mais desagradável do que os lábios rachados no final do dia. Procure sempre utilizar protetores labiais que possuem hidratantes em sua composição. Já existem várias opções com cor no mercado.

E meus cabelos? Precisam de proteção? 

A exposição dos cabelos ao sol causa fotoenvelhecimento das madeixas, gerando um fio mais opaco e quebradiço. Existem produtos siliconados que oferecem o bloqueio solar, como leave-ins e cremes para pentear, que são eficazes, mas deve-se associar a eles o uso de bonés, viseiras e chapéus, para uma proteção física também.

Fonte: Ana Vitória Ribeiro Perecini é médica, dermatologista, graduada pela Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais (CMMG).



Glaucoma atinge milhões de pessoas no país e pode causar a perda de visão

Campanha Maio Verde visa estimular a conscientização sobre o diagnóstico precoce da doença, que tem progressão lenta e assintomática.

Autor: Divulgação

Glaucoma atinge milhões de pessoas no país e pode causar a perda de visão

Desconforto no joelho sem causa aparente?

Problema pode estar no quadril, alerta especialista.

Autor: Divulgação

Desconforto no joelho sem causa aparente?

Transplante capilar: cada paciente é de um jeito

Realizar o transplante capilar é um sonho para muitas pessoas com calvície ou com outros problemas que resultam na queda de cabelo.

Autor: ‌Melina Oliveira

Transplante capilar: cada paciente é de um jeito

O que o seu “catarro” quer dizer?

Especialista explica as principais doenças que podem causar a secreção na garganta e como tratar.

Autor: Divulgação

O que o seu “catarro” quer dizer?

Prevenção cardiovascular: quanto mais cedo melhor!

Em artigo, cardiologista da Unimed Araxá explica a importância de modificar fatores que originam as doenças.

Autor: Dr. Flávio Paes

Prevenção cardiovascular: quanto mais cedo melhor!

O tempo seco e as alergias

Com uma nova onda de calor chegando aliada ao tempo seco, comum nesta época do ano, as alergias respiratórias ganham força.

Autor: Divulgação

O tempo seco e as alergias

Sono ruim aumenta risco de glaucoma em até 20%, diz estudo

Ronco e sonecas durante o dia também aumentam chance de ter um glaucoma.

Autor: Divulgação

Sono ruim aumenta risco de glaucoma em até 20%, diz estudo

O que você precisa saber sobre a doença do beijo

Dr. Ricardo Kores, médico infectologista do HC-UFU responde às principais dúvidas.

Autor: Divulgação

O que você precisa saber sobre a doença do beijo

Nascimento prematuro e autismo: Existe relação?

Neuropediatra e membro do Conselho Científico da ONG Prematuridade.com explica a questão.

Autor: Divulgação

Nascimento prematuro e autismo: Existe relação?

7 fatos que você precisa saber antes de cogitar uma plástica

49,5% dos profissionais processados por erros médicos não tinham certificados em cirurgia plástica.

Autor: Divulgação

7 fatos que você precisa saber antes de cogitar uma plástica

Frutose, álcool e café: qual relação com a gordura no fígado?

Endocrinologista responde a dez dúvidas sobre a esteatose hepática.

Autor: Dra. Marília Bortolotto

Frutose, álcool e café: qual relação com a gordura no fígado?

As causas da má saúde causa pressão sobre o setor

A incapacidade de tornar a saúde da população uma prioridade leva a pressões crescentes sobre o sistema de saúde.

Autor: Mara Machado

As causas da má saúde causa pressão sobre o setor