Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Como podemos melhorar o nosso sistema imune?

Como podemos melhorar o nosso sistema imune?

08/04/2019 Dr J Bussade

As mudanças na vida humana, levaram à uma grande quantidade de erros.

Defesas naturais do NOSSO organismo são afetadas por vários problemas tais como, má qualidade de vida devido à alterações no sono, estresse físico e emocional, má alimentação, alterações hormonais e muitos outros.

Vivemos em uma época onde o sistema de defesa natural do organismo sofreu um déficit, originando doenças, como: AIDS, e outras doenças degenerativas crônicas, tais como, obesidade, diabetes tipo 2, doenças cardiovasculares e até câncer.

Como então poderíamos melhorar estes problemas?

As mudanças na vida humana, levaram à uma grande quantidade de erros: alimentação errada, conduta moral, trabalho em demasia, até mesmo maus sentimentos e insatisfações, o que arrastou o homem à ambições excessivas ou para vários tipos de vícios. Dessa forma, o ser humano encontra-se atualmente em meio à uma vida demasiadamente antinatural, agitada, artificial e nociva, o que torna difícil a conservação da saúde do corpo, mental e emocional. Por isso, a humanidade paga o preço de conviver constantemente com doenças autoimunes, tais como: esclerose múltipla, retocolite ulcerativa, tireoidite de Hashimoto, além do câncer e muitas outras doenças degenerativas crônicas.

Existem duas soluções: a primeira, é dar condições ao organismo para que este funcione através de suas defesas naturais, estimulando o sistema nervoso que fará com que toda a energia vital do organismo fique equilibrada. Esta defesa natural se obtém através de hábitos de vida mais saudáveis, de higiene, de alimentação natural e exercícios físicos.

Uma outra solução, está nos liberadores do Hormônio do Crescimento.

O sistema imune é como um exército de células sanguíneas brancas sempre em prontidão, denominadas células T, e estão sob o comando da glândula do Timo, que recebem ordens superiores sobre quando e onde devem atacar e quais os anticorpos que são seus companheiros de luta, denominadas de células B que devem produzir.

À medida que envelhecemos, este sistema vai deixando de funcionar, devido à diminuição do tamanho e da força do Timo.

Isto, só não torna ineficaz o sistema de defesa do organismo, mas também pode criar uma perigosa confusão em que as células T confundem amigos com inimigos e atacam o próprio organismo, provocando distúrbios imunológicos, tais como miastenia graves, fibromialgia, artrite reumatoide e muitas outras, como já comentamos acima.

Foi descoberto que esta falta de funcionamento, provavelmente, seja motivada pela redução do Hormônio de Crescimento, que é produzido pela glândula Pituitária.

Esta glândula controla todas as outras glândulas de secreção interna, sendo necessária para o bom funcionamento do Timo e sistema imune. A produção do GH cessa completamente à partir dos 45 anos de idade, porém quando oferecemos uma dieta suplementar à base de aminoácidos, sais minerais e oligoelementos, além de algumas enzimas, a produção do mesmo pode atingir a de um adulto jovem.

* Dr J Bussade – Médico Cirurgião, Nutrólogo e Pioneiro Mundial da Prática Estética Ortomolecular.

Fonte: Assessoria de imprensa -Bothanica Mineral®/ Carvalho Assessoria



7 fatos que você precisa saber antes de cogitar uma plástica

49,5% dos profissionais processados por erros médicos não tinham certificados em cirurgia plástica.

Autor: Divulgação

7 fatos que você precisa saber antes de cogitar uma plástica

Frutose, álcool e café: qual relação com a gordura no fígado?

Endocrinologista responde a dez dúvidas sobre a esteatose hepática.

Autor: Dra. Marília Bortolotto

Frutose, álcool e café: qual relação com a gordura no fígado?

As causas da má saúde causa pressão sobre o setor

A incapacidade de tornar a saúde da população uma prioridade leva a pressões crescentes sobre o sistema de saúde.

Autor: Mara Machado

As causas da má saúde causa pressão sobre o setor

Longevidade: dicas práticas do dia a dia para prevenir osteoporose

Refeições pobres em proteína levam à redução da massa óssea.

Autor: Divulgação

Longevidade: dicas práticas do dia a dia para prevenir osteoporose

Dengue, covid-19 e o saneamento básico à população

O Brasil vive - mais uma vez - um dos seus maiores desafios na área da saúde pública com o aumento da dengue e da COVID-19.

Autor: Francisco Carlo Oliver

Dengue, covid-19 e o saneamento básico à população

Planos de saúde são obrigados a pagar exames de dengue

Os números da dengue continuam disparando no Brasil.

Autor: Thayan Fernando Ferreira


Prótese de silicone: conheça complicações mais recorrentes

Contratura capsular e rompimento da prótese estão entre elas.

Autor: Divulgação

Prótese de silicone: conheça complicações mais recorrentes

Perda da audição na infância, quais seus efeitos?

Como o diagnóstico rápido da perda auditiva pode ajudar no desenvolvimento infantil.

Autor: Divulgação

Perda da audição na infância, quais seus efeitos?

Dores nas costas lideram causas de afastamento do trabalho no Brasil

Para ter o benefício por incapacidade temporária, o primeiro passo é procurar um médico especialista.

Autor: Adriana Belintani

Dores nas costas lideram causas de afastamento do trabalho no Brasil

Projeto de Lei quer disponibilizar adrenalina autoinjetável pelo SUS

A proposta será analisada em caráter conclusivo pelas comissões de Saúde; de Finanças e Tributação, de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Autor: Divulgação

Projeto de Lei quer disponibilizar adrenalina autoinjetável pelo SUS

Gastrite: dicas para prevenir e tratar a doença

O Google Trends, um dos sites mais famosos de busca na internet, vem apontando “gastrite” como um dos temas mais pesquisados pelos usuários.

Autor: Divulgação

Gastrite: dicas para prevenir e tratar a doença

Especialistas alertam para cuidados com queimaduras de limão, sol e água-viva

Comuns no verão, essas lesões podem se tornar graves se não tiverem a atenção necessária.

Autor: Divulgação

Especialistas alertam para cuidados com queimaduras de limão, sol e água-viva