Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Transtornos alimentares: conheça as diferenças de cada tipo e os sintomas

Transtornos alimentares: conheça as diferenças de cada tipo e os sintomas

28/07/2022 Marianna Magri

Os transtornos alimentares podem trazer consequências sérias para a saúde.

Transtornos alimentares: conheça as diferenças de cada tipo e os sintomas

Os transtornos ou distúrbios alimentares são perturbações relacionadas a alimentação, caracterizados por alterações na forma de se alimentar, o que normalmente ocorre devido a uma preocupação excessiva com o peso e a aparência do corpo. 

Assim, é possível que a pessoa fique várias horas sem se alimentar, faça uso frequente de laxantes e evite sair para comer em locais públicos, por exemplo.

A médica nutróloga Dra. Marianna Magri fala que normalmente a desconfiança de um problema de perturbação alimentar, começa no consultório do nutrólogo, mas quem fecha o diagnóstico é o médico psiquiatra.

Os transtornos alimentares podem trazer consequências sérias para a saúde, como problemas nos rins, no coração e pode levar até a morte, já que pode haver falta ou excesso de nutrientes, dependendo do transtorno alimentar, o que pode interferir no funcionamento de alguns órgãos.

"De forma geral, surgem com mais frequência nas mulheres, especialmente durante a adolescência, os transtornos alimentares costumam estar ligados a problemas como falta de aceitação do próprio corpo, baixa autoestima, ansiedade, depressão.” explica.

“Existem diversos tipos de transtornos alimentares, mas os três principais são: anorexia, bulimia e transtorno de compulsão alimentar. 90% dos casos de diagnósticos do transtorno alimentar se enquadram dentro desses três casos.” complementa Marianna Magri.

Diferença dos casos dos transtornos alimentares:

anorexia ou anorexia nervosa é um distúrbio no qual a pessoa vê seu corpo sempre com excesso de peso, mesmo que ela esteja claramente com baixo peso, desnutrida e com o seu consumo alimentar bem abaixo de suas necessidades. Existe um medo intenso de ganhar peso e uma obsessão para emagrecer, sendo a sua principal característica a rejeição a qualquer tipo de comida.

De acordo com Marianna uns dos principais sintomas da anorexia é olhar no espelho e se sentir gordo, não comer para não engordar, contar as calorias da refeição antes de comer, evitar comer em público, fazer exercícios em excesso para emagrecer e tomar remédios para emagrecer sem necessidade alguma.

bulimia é caracterizada por episódios frequentes de compulsão alimentar, nos quais há um consumo de grandes quantidades de comida, seguido de comportamentos compensatórios como forçar o vômito, usar laxantes ou diuréticos, ficar sem comer e praticar exercícios em excesso para tentar controlar o peso.

Os principais sintomas da bulimia são, inflamação crônica na garganta, refluxo gástrico, cáries e sensibilidade nos dentes, praticar muito exercícios físico, comer grandes quantidades escondido, desidratação e problemas gastrointestinais.

A principal característica da compulsão alimentar são episódios frequentes de comer exageradamente, mesmo quando não se tem fome ou a ingestão de alimentos hipercalóricos.

Existe uma perda do controle sobre o que se comer, mas não existe comportamentos compensatórios como vômitos ou uso de laxantes.

Alguns dos principais sintomas da compulsão são, comer exageradamente até quando não se tem fome, dificuldade para parar de comer, comer muito rápido, consumir alimentos estranhos, como arroz cru ou feijão gelado, por exemplo, e excesso de peso.

A especialista alerta que caso você tenha alguém da sua família ou algum conhecido que tenha qualquer problema de perturbação com a alimentação, procure ajuda de uma profissional qualificado. “Os transtornos alimentares possuem cura e podem ser tratados, e quanto mais cedo forem diagnosticados mais eficaz pode ser o tratamento.” finaliza Marianna Magri.

* Marianna Magri é médica titulada pela Associação Médica Brasileira e Colégio Brasileiro de Radiologia. Médica Nutróloga - Formação Hospital Albert Einstein Food and Health (Stanford).

Para mais informações sobre transtorno alimentar clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: RTA Comunicação



O tempo seco e as alergias

Com uma nova onda de calor chegando aliada ao tempo seco, comum nesta época do ano, as alergias respiratórias ganham força.

Autor: Divulgação

O tempo seco e as alergias

Nutrição e atividade física: saúde do corpo e da mente

A nutrição adequada fornece ao corpo os nutrientes necessários para funcionar corretamente.

Autor: Divulgação

Nutrição e atividade física: saúde do corpo e da mente

Cigarro: eletrônico ou “analógico”, é preciso se livrar dele!

Médicos do Hospital Paulista alertam para as diferentes formas de consumo da nicotina, todas prejudiciais à saúde.

Autor: Divulgação

Cigarro: eletrônico ou “analógico”, é preciso se livrar dele!

Quer envelhecer vivendo mais e melhor?

Então cuide agora da sua pressão arterial.

Autor: Felipe Vecchi

Quer envelhecer vivendo mais e melhor?

Glaucoma atinge milhões de pessoas no país e pode causar a perda de visão

Campanha Maio Verde visa estimular a conscientização sobre o diagnóstico precoce da doença, que tem progressão lenta e assintomática.

Autor: Divulgação

Glaucoma atinge milhões de pessoas no país e pode causar a perda de visão

Desconforto no joelho sem causa aparente?

Problema pode estar no quadril, alerta especialista.

Autor: Divulgação

Desconforto no joelho sem causa aparente?

Transplante capilar: cada paciente é de um jeito

Realizar o transplante capilar é um sonho para muitas pessoas com calvície ou com outros problemas que resultam na queda de cabelo.

Autor: ‌Melina Oliveira

Transplante capilar: cada paciente é de um jeito

O que o seu “catarro” quer dizer?

Especialista explica as principais doenças que podem causar a secreção na garganta e como tratar.

Autor: Divulgação

O que o seu “catarro” quer dizer?

Prevenção cardiovascular: quanto mais cedo melhor!

Em artigo, cardiologista da Unimed Araxá explica a importância de modificar fatores que originam as doenças.

Autor: Dr. Flávio Paes

Prevenção cardiovascular: quanto mais cedo melhor!

Sono ruim aumenta risco de glaucoma em até 20%, diz estudo

Ronco e sonecas durante o dia também aumentam chance de ter um glaucoma.

Autor: Divulgação

Sono ruim aumenta risco de glaucoma em até 20%, diz estudo

O que você precisa saber sobre a doença do beijo

Dr. Ricardo Kores, médico infectologista do HC-UFU responde às principais dúvidas.

Autor: Divulgação

O que você precisa saber sobre a doença do beijo

Nascimento prematuro e autismo: Existe relação?

Neuropediatra e membro do Conselho Científico da ONG Prematuridade.com explica a questão.

Autor: Divulgação

Nascimento prematuro e autismo: Existe relação?