Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Urticária: conheça os tipos da doença e os mitos em torno dela

Urticária: conheça os tipos da doença e os mitos em torno dela

11/01/2020 Divulgação

Um dos desafios de pacientes com urticária é chegar ao diagnóstico correto.

Urticária: conheça os tipos da doença e os mitos em torno dela

É uma jornada muitas vezes longa até descobrir a doença, que afeta o bem-estar e impacta negativamente a qualidade de vida dessas pessoas.

Existem dois tipos de urticárias, a aguda e a crônica. A aguda que é mais frequente, dura no máximo seis semanas e ocorre, principalmente, nas crianças e adultos jovens. Cerca de 80% das urticárias agudas em crianças aparecem após uma ação inflamatória, causadas por infecções parasitárias (ingestão de peixe cru, por exemplo), infecções por bactérias atípicas, hepatite A e B, HIV, entre outras.

A urticária aguda nem sempre requer uma investigação diagnóstica, apenas quando houver a suspeita de alergia alimentar ou a existência de outros fatores desencadeantes de alergias como uso de anti-inflamatório, por exemplo.

No caso da urticária crônica, ela acontece devido a uma alteração do organismo do paciente. Tem duração prolongada, gera muito desconforto, ansiedade e pode até levar à depressão. Ela é dividida em dois subtipos:

Urticária crônica espontânea: a mais frequente. As lesões surgem sem que se encontre qualquer fator externo responsável.

Urticária crônica induzida: as lesões são desencadeadas por fatores externos específicos (exemplo frio, calor), identificados pela história clínica e testes de provocação.

“É preciso combater alguns mitos que envolvem a urticária. A doença não é contagiosa em nenhuma de suas apresentações. A urticária crônica não é causada por alimentos e nem poeira. Urticária generalizada não é sinônimo de anafilaxia. Angioedema na face não necessariamente evolui para edema de glote. Nem toda urticária necessita de corticoide e, por fim, urticária nem sempre é uma alergia”, explica o Dr. Régis Campos, Coordenador do Departamento Científico de Urticária e Angioedema da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI).

Fonte: Gengibre Comunicação



Terapia de estimulação cerebral profunda pode reduzir até 80% dos tremores causados pelo Parkinson

A cirurgia é um recurso muito importante e deve ser considerada para alguns pacientes.

Terapia de estimulação cerebral profunda pode reduzir até 80% dos tremores causados pelo Parkinson

Quais os sintomas da candidíase?

A candidíase é uma infecção causada por uma levedura (um tipo de fungo) chamada Candida albicans.


O Influenza também está no nosso foco

Falar em vacinação nos dias de hoje nos tende a remeter quase que exclusivamente ao combate à Covid-19.

O Influenza também está no nosso foco

A nova era da Telemedicina no Brasil

Alguns números atestam que as consultas virtuais estão sendo utilizadas cada vez mais no país.

A nova era da Telemedicina no Brasil

É inaceitável que pessoas ainda morram de malária

Esta semana, de 25 a 29 de abril, marca a luta mundial contra a malária.


Transtornos psiquiátricos catalisados pelo luto de vítimas de COVID-19

Médico psiquiatra comenta a situação exclusiva de pessoas que perderam parentes queridos durante a pandemia. A ansiedade e o transtorno de humor são os mais prevalentes nesses casos.

Transtornos psiquiátricos catalisados pelo luto de vítimas de COVID-19

8 alimentos para incluir na dieta se você tem dores crônicas

Nutricionista fala sobre o poder dos alimentos para a nossa saúde.

8 alimentos para incluir na dieta se você tem dores crônicas

Pesadelo na hora do sono: apneia atinge 70 milhões de brasileiros

Por muito tempo o hábito de roncar tem sido visto como motivo de chacota ou algo corriqueiro.

Pesadelo na hora do sono: apneia atinge 70 milhões de brasileiros

Tireoide não é a culpada pelo ganho de peso

É muito comum algumas pessoas associarem o ganho de peso excessivo e inexplicado a um problema de tireoide, chamado de hipotireoidismo que nada mais é, a falta dos hormônios tireoidianos.


Você sabe identificar os sinais de um ataque cardíaco?

Quando uma forte dor no peito aparece é um indicativo de que há algo errado acontecendo e é comum associarmos imediatamente a dor com a possibilidade de que seja um infarto.

Você sabe identificar os sinais de um ataque cardíaco?

Comer chocolate realmente aumenta o surgimento de acne?

Dermatologista explica que a guloseima deve ser consumida com moderação. Confira!

Comer chocolate realmente aumenta o surgimento de acne?

Começa vacinação contra a gripe em todo o país

Meta é imunizar 76,5 milhões de pessoas até 3 de junho.

Começa vacinação contra a gripe em todo o país