Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Como evitar a traição financeira entre os casais

Como evitar a traição financeira entre os casais

18/05/2015 Dora Ramos

Uma pesquisa feita pelo SPC Brasil mostra que 23% dos casais endividados brigam por causa de dinheiro.

Outra parte do estudo indica que quase 35% das pessoas não informam para o companheiro todos os gastos pessoais.

A transparência é procedimento fundamental para manter o orçamento familiar equilibrado. Porém, esse assunto ainda parece um tabu presente em muitos casamentos, inclusive aqueles de décadas, e deve ser derrubado. O casal precisa conversar para definir como administrar as contas, ao colocar na ponta do lápis ou em uma planilha as despesas comuns, como gastos certos de todo mês, prestações do cartão de crédito, possibilidades para poupar e preços dos itens menos essenciais na rotina.

Depois, é preciso levar em conta os salários para definir qual a contribuição que cada um terá para as contas, seja em valores brutos ou em percentual. No caso de profissionais liberais, isso pode variar a cada mês, porém o planejamento com o outro e o diálogo também podem evitar brigas. Uma conta e cartão de crédito conjuntos também são opções para os casais. Nesse caso, a sugestão é semelhante: muita conversa para definir se a melhor alternativa é uma conta para os dois, uma para cada ou contas individuais e outra para o casal.

Não há uma regra, mas é preciso identificar se há um desconforto em compartilhar as informações de todos seus gastos. Dispensar as despesas que não são necessárias, contar com a ajuda do parceiro, confiar no outro, dividir as contas de forma justa e, acima de tudo, o diálogo constante são fatores que garantem um orçamento planejado e uma vida financeira saudável ao casal.

*Dora Ramos é educadora financeira e especialista em contabilidade e controladoria.



O Pronto Atendimento e o desafio do acolhimento na saúde

O trabalho dentro de um hospital é complexo devido a diversas camadas de atendimento que são necessárias para abranger as necessidades de todos os pacientes.

Autor: José Arthur Brasil


Como melhorar a segurança na movimentação de cargas na construção civil?

O setor da construção civil é um dos mais importantes para a economia do país e tem impacto direto na geração de empregos.

Autor: Fernando Fuertes


As restrições eleitorais contra uso da máquina pública

Estamos em contagem regressiva. As eleições municipais de 2024 ocorrerão no dia 6 de outubro, em todas as cidades do país.

Autor: Wilson Pedroso


Filosofia na calçada

As cidades do interior de Minas, e penso que de outros estados também, nos proporcionam oportunidades de conviver com as pessoas em muitas situações comuns que, no entanto, revelam suas características e personalidades.

Autor: Antônio Marcos Ferreira


Onde começam os juros abusivos?

A imagem do brasileiro se sustenta em valores positivos, mas, infelizmente, também negativos.

Autor: Matheus Bessa


O futuro da indústria 5.0 na sociedade

O conceito de Indústria 5.0 é definido como uma visão humanizada das transformações tecnológicas no setor, equilibrando as necessidades atuais e futuras dos trabalhadores e da sociedade com a otimização sustentável do consumo de energia, processamento de materiais e ciclos de vida dos produtos.

Autor: Pedro Okuhara


Em defesa do SUS: um chamado à ação coletiva

A escassez de recursos na saúde pública brasileira é um problema crônico.

Autor: Juliano Gasparetto


Impactos da proibição do fenol pela Anvisa no mercado de cosméticos e manipulação

Recentemente, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) tomou a decisão de proibir a venda e o uso de produtos à base de fenol em procedimentos de saúde e estéticos.

Autor: Claudia de Lucca Mano


A fantasia em torno da descriminalização da maconha

"As drogas pisoteiam a dignidade humana. A redução da dependência de drogas não é alcançada pela legalização do uso de drogas, como algumas pessoas têm proposto ou alguns países já implementaram. Isso é uma fantasia".

Autor: Wilson Pedroso


Ativismo judicial: o risco de um estado judicialesco

Um Estado policialesco pode ser definido como sendo um estado que utiliza da força, da vigilância e da coerção exacerbada contra a população, principalmente com seus opositores.

Autor: Bady Curi Neto


Abortada a importação do arroz

O governo desistiu de importar arroz para fazer frente à suposta escassez do produto e alta de preços decorrentes das cheias do Rio Grande do Sul, responsável por 70% do cereal consumido pelos brasileiros.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


2024, um ano de frustração anunciada

O povo brasileiro é otimista por natureza.

Autor: Samuel Hanan