Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Como se preparar para vender mais?

Como se preparar para vender mais?

28/03/2018 Carlos Cruz

Estar bem preparado para a alta demanda gera clientes realmente satisfeitos.

Por mais difícil que seja lidar com as incertezas do mercado e da economia, grande parte dos empresários e gestores de vendas tem por hábito considerar em seu planejamento as sazonalidades a que o negócio está sujeito e saber antecipar quais serão os períodos de baixa e de alta no ano.

Nas duas situações, no entanto, é imprescindível reunir as melhores estratégias dentro da realidade do setor de atuação e preparar a equipe de trabalho para o que vem pela frente. Naturalmente motivados pela possibilidade de lucrar mais, os vendedores precisam trabalhar melhor para fazer negociações mais assertivas e com qualidade, para que nenhuma oportunidade seja desperdiçada.

Diante de um período de alta nas vendas, é preciso, inicialmente, organizar toda a infraestrutura necessária para atender, da melhor forma, a demanda que está por vir. Fatores como um bom mix de produtos, estoques sempre abastecidos, a padronização no processo de atendimento, boas condições no pagamento, o cumprimento dos prazos de entrega e a existência de um suporte pós-venda são fundamentais para que o cliente não fique na mão quando procura por uma solução.

Além disso, o treinamento à equipe de vendedores e a contratação de profissionais capacitados também são fundamentais para quem quer manter os resultados positivos. O vendedor precisa entender que cada comprador vai até a loja por conta de uma “motivação” e que seu papel, neste contexto, é justamente conseguir detectá-la, para que a aquisição se concretize.

Estar bem preparado para a alta demanda gera clientes realmente satisfeitos, fato que certamente traz outros benefícios no futuro, como a concretização de uma negociação mais rentável ou mesmo a indicação para uma nova cartela de compradores.

* Carlos Cruz é diretor do Instituto Brasileiro de Vendas (IBVendas).

Fonte: GP Image



Muito além do chip da beleza

Você, com certeza, nos últimos meses já ouviu falar do famoso “chip” da beleza.


Educação para poucos é o avesso de si

Intitulado “Reimagining our futures together: A new social contract for education”, um estudo recente da Unesco é categórico logo nas primeiras páginas: “Nossa humanidade e Planeta Terra estão sob ameaça”.


Mãe: Florescer é não se esquecer de viver!

Tenho experimentado que o “traço de mãe”, plantado por Deus no coração de cada mulher que Ele criou, vai além da capacidade de gerar filhos, biologicamente.

Mãe: Florescer é não se esquecer de viver!

Bullying: da vítima ao espectador

O bullying é um tipo particular de violência, caracterizado por agressões sistemáticas, repetitivas e intencionais, contra um ou mais indivíduos que se encontram em desigualdade de poder, gerando sofrimento para as vítimas, agressores e comunidade.


Desafios e oportunidades para o saneamento

Considerado um dos menos atrativos na infraestrutura, o setor de saneamento passa por uma profunda mudança de paradigma com a aprovação da Lei 14.026/2020.

Desafios e oportunidades para o saneamento

Os desafios de lidar com maternidade e realização profissional

A experiência da maternidade é o momento mais importante na vida da mulher, no entanto um dos mais preocupantes também.


Como a inteligência de dados auxilia o Open Finance

Imagine que a sua televisão está com defeito. Você busca um modelo um pouco melhor na internet (afinal, você merece) e decide comprá-la em algumas suaves prestações.


Evolução da telessaúde

Maior segurança e respeito à autonomia de profissionais e pacientes.


Explore seu universo de possibilidades

Você sabia que o ser humano enfrenta em média 23 adversidades por dia?


Um doidivanas incorrigível

Todos reconhecem Camilo Castelo Branco, como escritor talentoso. Admiram-lhe a riqueza do vocabulário e a vernaculidade da prosa.


O metaverso vem aí e está mais próximo do que você imagina

Você, assim como eu, já deve ter ouvido falar no Metaverso.


Indulto x Interferência de Poderes

As leis, como de corriqueira sabença, obedecem a uma ordem hierárquica, assim escalonadas: – Norma fundamental; – Constituição Federal; – Lei; (Lei Complementar, Lei Ordinária, Lei Delegada, Medida Provisória, Decreto Legislativo e Resolução).