Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Fraturas nas mãos e punhos estão entre as principais lesões de acidentes de trabalho

Fraturas nas mãos e punhos estão entre as principais lesões de acidentes de trabalho

24/04/2023 Antônio Tufi Neder Filho

Problema afastou mais de 10 mil pessoas; Sociedade Brasileira de Cirurgia da Mão (SBCM) ressalta ações de prevenção.

Fraturas nas mãos e punhos estão entre as principais lesões de acidentes de trabalho

As mãos são instrumentos fundamentais para tudo o que fazemos no dia a dia. Não à toa, é uma das partes do corpo mais impactadas em acidentes de trabalho, questão essa que é foco de campanha neste mês - em 28 de abril celebram-se o Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho e o Dia Nacional em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho.

No ano passado, o Brasil teve 612,9 mil acidentes de trabalho e 2,5 mil mortes, segundo dados do Observatório de Segurança e Saúde no Trabalho, iniciativa do Ministério Público do Trabalho (MPT), da Organização Internacional do Trabalho e de outros órgãos do governo federal, divulgados no fim do mês passado.

No que se refere à incidência de ocorrência nas mãos, levantamento do Ministério da Previdência Social (MPS) mostram que 8.359 trabalhadores precisaram ser afastados em decorrência de fratura ao nível do punho e da mão; 1.482 por ferimentos nessa região e 538 por traumatismo superficial da área. Os dados representam afastamentos por mais de 15 dias e que, consequentemente, geraram um benefício de segurados do Regime Geral de Previdência Social (INSS). 

O Observatório de Segurança e Saúde no Trabalho aponta que em 2022 os casos de fratura ao nível do punho e da mão representaram 12% do total de afastamentos por acidentes de trabalho.

O presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia da Mão (SBCM), Antonio Tufi Neder Filho, explica que a fratura ao nível do punho e da mão engloba lesões em diversos ossos, mas a gravidade da lesão independe do osso fraturado. “As fraturas mais comuns da mão e punho atingem as falanges (ossos que formam os dedos das mãos), metacarpos (cinco ossos de cada mão localizados entre as falanges e o carpo) e o rádio distal (quando a área do rádio próxima ao punho se quebra)”, lista o médico.

O especialista ressalta que os profissionais da indústria e da construção civil estão entre os mais propensos a terem as mãos lesionadas em acidentes de trabalho. “Trabalhadores braçais, que fazem uso de equipamentos que exigem concentração no manuseio, como martelos, máquinas esmagadoras entre outros, estão mais vulneráveis”, diz.

O presidente da SBCM ressalta que as empresas precisam criar ações constantes de prevenção. “As consequências de um acidente grave nas mãos pode resultar na incapacidade de atividades básicas, o que vai impactar em toda a rotina da pessoa”, pontua. “Além das questões da saúde e da qualidade de vida, que são as mais importantes, quando um funcionário precisa ficar afastado das suas atividades, a empresa precisa resolver várias questões burocrática, além de ter que contratar um funcionário temporário, então, prevenir sempre será melhor do que remediar”, conclui.

* Antonio Tufi Neder Filho, presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia da Mão (SBCM).

Para mais informações sobre acidentes de trabalho clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Entre para o nosso grupo de notícias no WhatsApp

Fonte: Predicado Comunicação



Glaucoma atinge 2,5 milhões de pessoas no país e pode causar a perda de visão irreversível

Campanha Maio Verde visa estimular a conscientização sobre o diagnóstico precoce da doença, que tem progressão lenta e assintomática.

Autor: Divulgação

Glaucoma atinge 2,5 milhões de pessoas no país e pode causar a perda de visão irreversível

Desconforto no joelho sem causa aparente?

Problema pode estar no quadril, alerta especialista.

Autor: Divulgação

Desconforto no joelho sem causa aparente?

Transplante capilar: cada paciente é de um jeito

Realizar o transplante capilar é um sonho para muitas pessoas com calvície ou com outros problemas que resultam na queda de cabelo.

Autor: ‌Melina Oliveira

Transplante capilar: cada paciente é de um jeito

O que o seu “catarro” quer dizer?

Especialista explica as principais doenças que podem causar a secreção na garganta e como tratar.

Autor: Divulgação

O que o seu “catarro” quer dizer?

Prevenção cardiovascular: quanto mais cedo melhor!

Em artigo, cardiologista da Unimed Araxá explica a importância de modificar fatores que originam as doenças.

Autor: Dr. Flávio Paes

Prevenção cardiovascular: quanto mais cedo melhor!

O tempo seco e as alergias

Com uma nova onda de calor chegando aliada ao tempo seco, comum nesta época do ano, as alergias respiratórias ganham força.

Autor: Divulgação

O tempo seco e as alergias

Sono ruim aumenta risco de glaucoma em até 20%, diz estudo

Ronco e sonecas durante o dia também aumentam chance de ter um glaucoma.

Autor: Divulgação

Sono ruim aumenta risco de glaucoma em até 20%, diz estudo

O que você precisa saber sobre a doença do beijo

Dr. Ricardo Kores, médico infectologista do HC-UFU responde às principais dúvidas.

Autor: Divulgação

O que você precisa saber sobre a doença do beijo

Nascimento prematuro e autismo: Existe relação?

Neuropediatra e membro do Conselho Científico da ONG Prematuridade.com explica a questão.

Autor: Divulgação

Nascimento prematuro e autismo: Existe relação?

7 fatos que você precisa saber antes de cogitar uma plástica

49,5% dos profissionais processados por erros médicos não tinham certificados em cirurgia plástica.

Autor: Divulgação

7 fatos que você precisa saber antes de cogitar uma plástica

Frutose, álcool e café: qual relação com a gordura no fígado?

Endocrinologista responde a dez dúvidas sobre a esteatose hepática.

Autor: Dra. Marília Bortolotto

Frutose, álcool e café: qual relação com a gordura no fígado?

As causas da má saúde causa pressão sobre o setor

A incapacidade de tornar a saúde da população uma prioridade leva a pressões crescentes sobre o sistema de saúde.

Autor: Mara Machado

As causas da má saúde causa pressão sobre o setor