Portal O Debate
Grupo WhatsApp

3 passos essenciais para oferecer o atendimento ideal

3 passos essenciais para oferecer o atendimento ideal

29/09/2017 Ricardo Pena

Acho que é assim que gostaríamos de nos sentir toda vez que interagimos com uma empresa.

Não seria ótimo você se sentir importante para a empresa da qual você adquiriu um produto ou um serviço? O mais curioso é que não conheço nenhuma empresa que deseja atender mal seus clientes. Até hoje, nunca vi uma empresa que colocasse em suas metas baixar o índice de satisfação dos consumidores.

Pelo contrário: as empresas costumam ter metas agressivas de melhoras no atendimento. E o mais curioso: a maioria delas sabe o que deve ser feito para atingir esses índices. Mas se as empresas querem atender bem o cliente e sabem o que devem fazer, por que elas não fazem?

Na minha visão tanto as empresas, quanto as pessoas acabam não fazendo tudo que sabem, ou seja, você sabe o que deve ser feito para ter sucesso numa atividade, mas você não faz. Se você fizesse tudo que sabe sobre dieta alimentar, por exemplo, como estaria sua saúde ou seu peso agora?

E como as empresas são feitas de pessoas, muitas vezes isso acontece também no meio profissional. Existe uma diferença entre o que sabemos e o que fazemos. Muitas vezes a solução é simples para um problema é simples, mas falta atitude.

Uma empresa pode até ter um ótimo produto, mas, se o atendimento falhar, a qualidade do serviço pode pôr tudo a perder. Imagine que você está em um restaurante com uma excelente comida, mas com garçons de cara fechada e mal-humorados.

Você voltaria só pela comida? Mesmo sendo maltratado? Muito provavelmente não. O mesmo vale para diversos outros segmentos, onde a atitude para executar o trabalho de forma diferenciada faz a diferença. A pergunta que eu sempre faço é "Existe formula mágica?".

Existe uma "receita de bolo" que funcione para todas as pessoas e empresas? A resposta é não. Tem muitas variáveis a serem consideradas e as pessoas são diferentes (ainda bem), mas existem alguns cuidados e mudanças que podem ser adotados na sua vida, dentro e fora da empresa, que facilitam gerar uma experiência sensacional para outras pessoas.

1. Não se contente com o bom, busque o excelente. Não menospreze o seu trabalho.

2. Crie suas metas pessoais e não se contente com 90% de execução, faça 110% no mínimo. Faça seu trabalho com prazer e tenha em mente que você é responsável pelo seu sucesso e pelo seu aprendizado. Não culpe os outros. Fazer algo bem feito é um exemplo que as pessoas em geral seguem.

3. Agradeça as pessoas pelo que elas fizeram. Celebre as pequenas conquistas, isso mostrará que você se importa com as outras pessoas e criará um ambiente de confiança.

Como eu disse anteriormente tudo isso parece muito óbvio, mas muitas vezes nos esquecemos de fazer o mais simples, EXECUTAR o que já sabemos.

* Ricardo Pena é diretor de Pré-Vendas e Consultoria da Avaya para o Brasil.



Análise de dados e a saúde dos colaboradores nas empresas

Como a análise de dados está ajudando empresas a melhorar a saúde dos colaboradores.


16 senadores suplentes, sem votos, gozam das benesses no Senado

Quando o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), pretende colocar em votação Emenda Constitucional para acabar com a figura de SENADOR SUPLENTE?


Há tempos são os jovens que adoecem

Há alguns anos o Netflix lançou uma série chamada “Thirteen Reasons Why”, ou, em tradução livre, “As Treze Razões”.


Administração estratégica: desafios para o sucesso em seu escritório jurídico

Nos últimos 20 anos o mercado jurídico mudou significativamente.


Qual o melhor negócio: investir em ações ou abrir a própria empresa?

Ser um empresário ou empresária de sucesso é o sonho de muitas pessoas.


Intercooperação: qual sua importância no pós- pandemia?

Nos últimos dois anos, o mundo enfrentou a maior crise sanitária dos últimos 100 anos.


STF e a Espada de Dâmocles

O Poder Judiciário, o Ministério Público e a Polícia Investigativa são responsáveis pela persecução penal.


Lista tríplice, risco ao pacto federativo

Desde o tempo de Brasil-Colônia, a lista tríplice tem sido o instrumento para a nomeação de promotores e procuradores do Ministério Público.


ESG: prioridade da indústria e um mar de oportunidades

Uma pesquisa divulgada recentemente pelo IBM Institute for Business Value mostra que a sustentabilidade tem ocupado um lugar diferenciado no ranking de prioridades de CEOs pelo mundo se comparado a levantamentos anteriores.


Como conciliar negócios e família?

“O segredo para vencer todas as metas e propostas é colocar a família em primeiro lugar.”, diz a co-fundadora da Minucci RP, Vivienne Ikeda.


O limite do assédio moral e suas consequências

De maneira geral, relacionamento interpessoal sempre foi um grande desafio para o mundo corporativo, sobretudo no que tange aos valores éticos e morais, uma vez que cada indivíduo traz consigo bagagens baseadas nas próprias experiências, emoções e no repertório cultural particular.


TSE, STF e a censura prévia

Sabe-se que a liberdade de expressão é um dos mais fortes pilares da democracia.