Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Aos mestres, com carinho, nossa gratidão!

Aos mestres, com carinho, nossa gratidão!

24/09/2020 Túria Dieckov Ruiz

“Vivemos um tempo atípico” e “Precisamos nos reinventar” são algumas das frases mais pronunciadas nesses últimos meses.

Reinventar-se transformou-se em questão de “sobrevivência”. E, nas definições encontradas para esta palavra, além de “continuar a viver ou a existir”, acrescenta-se “manter sequência ininterrupta de algo”.

Pois bem, aí nasce, especialmente para as instituições de ensino, o grande desafio de manter sequência ininterrupta de um trabalho que sempre foi, em sua natureza, essencialmente presencial, mas que precisa, agora, dar continuidade através do mundo virtual.

As escolas viraram do avesso da noite para o dia. Coordenação, alunos e professores precisaram transformar suas instituições presenciais em ambientes virtuais de aprendizagem.

No começo, vê-se professores tímidos e por vezes nervosos frente às câmeras. Afinal, ressurge aquele friozinho na barriga experimentado nos estágios obrigatórios nos tempos de graduação.

E nenhum desses professores se recorda de ter cursado uma disciplina de “Didática das aulas on-line” em sua formação.

Reconhecemos, o peso é grande. O professor pode não ter aprendido como dar aulas on-line em sua graduação, mas faz parte de sua essência o conhecimento de que o olho no olho e o toque afetuoso em seu aluno são fundamentais para a aprendizagem que acontece através da interação, da troca de experiências, do feeling a respeito do humor de seu aluno a cada dia.

Então, para o professor comprometido, não é suficiente munir-se de novas ferramentas de tecnologia para dar as suas aulas, não obstante, faz isso com plena resiliência e superação nesses tempos de pandemia.

A superação dos desafios impostos faz nascer professores mais tecnológicos, dinâmicos em ferramentas virtuais, menos tímidos em frente às câmeras, mais compreensíveis com a nova plateia formada não apenas por alunos, mas por pais, irmãos e avós que assumem, junto à escola, o compromisso do aprendizado de cada aluno.

O “tempo atípico”, após esses quatro meses, passa a ser “típico” para o professor, assume-se o novo formato como padrão, e se há a necessidade de assumi-lo, assume-se com maestria, com cabeça erguida, com todo impulso que, naturalmente, move cada educador. A cada um deles, nossa gratidão!

* Túria Dieckov Ruiz é Membro do Conselho Diretivo da Escola Cristã Reverendo Olavo Nunes.

Fonte: Camejo Estratégias em Comunicação



Mutilações Subjetivas: Holocausto Escolar

Indignar-se! Envergonhar-se! Esperançar-se! Já dizia o poeta Walter Franco, “viver é afinar o instrumento (que somos nós!), de dentro pra fora, de fora pra dentro”.


Longevidade e perspectivas na oncologia

As campanhas como Outubro Rosa e Novembro Azul têm o papel essencial de alertar a população para as doenças oncológicas.


Um verdadeiro estadista

Agora, aos 85 anos, completados em maio, a pandemia fez com que Mujica decidisse pela renúncia a um cargo que, como explicou, exige muito contato com a população.


A participação política dos profissionais da educação

Precisamos ser voz daqueles que não tem voz, usar nossa influência para que os parlamentares saibam que sem o voto, eles não podem continuar na vida pública.


O Líder da Consciência Empresarial Humanizada

Iniciei este trabalho sem muita clareza sobre o tema “Quem são os nossos líderes no mundo novo?”.


Aprender português com o Eça

Não sou filólogo nem purista, nem sequer escritor. Limito-me a ser modesto cronista, e deixo fugir – para minha vergonha, – calinadas, que muito me desgostam.


Uma paz ruim é melhor do que uma boa guerra

Em uma edição recente de um jornal, o Embaixador do Azerbaijão fez um esforço para justificar a agressão de seu país – a guerra mais feroz por enquanto do século XXI – contra Nagorno-Karabakh.


O stress e a inadimplência

O cenário econômico brasileiro não é dos melhores.


Fatos, opiniões e a sorte da Democracia

Comecemos com uma afirmação: “verdade é aquilo que não podemos modificar”.


Homenagem a um dos maiores professores de todos os tempos

Uma das mais belas passagens da literatura universal é a descrição do jovem ateniense que pergunta ao seu mestre:


The supreme appointment e seus questionamentos

No dia 18 de setembro, a juíza da Suprema Corte dos EUA desde a década de 1990, Ruth Ginsburg, faleceu em decorrência de um câncer, deixando vago seu lugar.


Uma pandemia…

Vejam algumas das propostas que ganharam relevância na crise e que, se aprovadas, certamente auxiliarão na retomada econômica.