Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Como usar a sua voz para compartilhar as suas ideias?

Como usar a sua voz para compartilhar as suas ideias?

12/09/2021 Mônica Schimenes

Você já se perguntou quantas palavras fala diariamente?

Por incrível que pareça, uma pesquisa realizada, em 2006, pelo psicólogo Campbell Leaper, da Universidade da Califórnia (EUA), mostrou que as mulheres falam, em média, 20 mil palavras por dia, frente às 7 mil pronunciadas pelos homens.

E como mulher, empreendedora e que se comunica muito todos os dias, faço uma outra reflexão: como você está utilizando a sua voz para compartilhar as suas ideias?

Para que a sua mensagem seja entregue e compreendida com sucesso pelo seu principal público-alvo, é primordial que você perceba alguns pontos.

Primeiro, a sua postura emite o melhor som que você pode? Nesse sentido, qual a ideia que você quer compartilhar com as pessoas ao seu redor?

Perceber qual o seu lugar de fala e posição, pode ser uma das chaves para mensurar como e se a sua ideia está sendo compartilhada da melhor forma possível.

Além disso, mais do que transmitir, um passo antes: a importância do conteúdo que você precisa produzir.

Ao identificar para quem falar, pense em como criar e, assim, transformar a sua ideia em algo que realmente seja inovador, atrativo ao outro.

Vivemos na era da tecnologia, do digital. Um momento em que tudo precisa ser muito ágil, "para ontem".

Mas veja bem, ter que fazer algo em ritmo veloz e "para ontem" pode ter pontos negativos também. As falhas de comunicação são os principais erros que uma pessoa pode cometer ao estruturar sua mensagem.

Entenda quais são as principais falhas para uma pessoa, por exemplo, ao assistir seu conteúdo, desligue de você e vá para outro conteúdo completamente diferente.

Se isto está ou estiver acontecendo com você, pense o seguinte: será mesmo que você está falando direito, com a melhor dicção e articulação?

Viver em um cenário pandêmico, em que o mundo corporativo está, dia após dia, incorporando, principalmente, o sistema híbrido de trabalho, praticamente nos obriga a estar presente em uma série de reuniões virtuais diariamente.

Com isso, se você não souber se portar e transmitir sua mensagem, sua ideia, seu pensamento corretamente, tenha a certeza de que não estará cumprindo sua missão.

E não só nesta rotina virtual "insana", mas em todo lugar. Saber se comunicar é algo inerente ao ser humano. Do primeiro choro ao nascer de um bebê até um último suspiro de vida, estamos nos comunicando. O ser humano precisa disso para sobreviver.

Portanto, analise o momento que você está. Simplifique sua mensagem, peça feedbacks e pense como trazer valor às suas ideias.

Pessoas que se manifestam de forma aliada umas às outras, alcançam mais sucesso ao final do processo. Não tenha vergonha de falar. Se exponha, conte para o mundo as suas ideias. Você já sabe o que precisa dizer. Pense nisso.

* Mônica Schimenes é fundadora e CEO da MCM Brand Experience.

Para mais informações sobre comunicação clique aqui…

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: KR2 Comunicação



Administração estratégica: desafios para o sucesso em seu escritório jurídico

Nos últimos 20 anos o mercado jurídico mudou significativamente.


Qual o melhor negócio: investir em ações ou abrir a própria empresa?

Ser um empresário ou empresária de sucesso é o sonho de muitas pessoas.


Intercooperação: qual sua importância no pós- pandemia?

Nos últimos dois anos, o mundo enfrentou a maior crise sanitária dos últimos 100 anos.


STF e a Espada de Dâmocles

O Poder Judiciário, o Ministério Público e a Polícia Investigativa são responsáveis pela persecução penal.


Lista tríplice, risco ao pacto federativo

Desde o tempo de Brasil-Colônia, a lista tríplice tem sido o instrumento para a nomeação de promotores e procuradores do Ministério Público.


ESG: prioridade da indústria e um mar de oportunidades

Uma pesquisa divulgada recentemente pelo IBM Institute for Business Value mostra que a sustentabilidade tem ocupado um lugar diferenciado no ranking de prioridades de CEOs pelo mundo se comparado a levantamentos anteriores.


Como conciliar negócios e família?

“O segredo para vencer todas as metas e propostas é colocar a família em primeiro lugar.”, diz a co-fundadora da Minucci RP, Vivienne Ikeda.


O limite do assédio moral e suas consequências

De maneira geral, relacionamento interpessoal sempre foi um grande desafio para o mundo corporativo, sobretudo no que tange aos valores éticos e morais, uma vez que cada indivíduo traz consigo bagagens baseadas nas próprias experiências, emoções e no repertório cultural particular.


TSE, STF e a censura prévia

Sabe-se que a liberdade de expressão é um dos mais fortes pilares da democracia.


Sociedade civil e a defesa da democracia

As últimas aparições e discursos do presidente da República vêm provocando uma nova onda de empresários, instituições e figuras públicas em defesa da democracia e do sistema eleitoral no Brasil.


Para além do juramento de Hipócrates: a ética na prática médica

“Passarei a minha vida e praticarei a minha arte pura e santamente. Em quantas casas entrar, fá-lo-ei só para a utilidade dos doentes, abstendo-me de todo o mal voluntário e de toda voluntária maleficência e de qualquer outra ação corruptora, tanto em relação a mulheres quanto a jovens.” (Juramento de Hipócrates).


O sentido da educação

A educação requer uma formação pessoal, capaz de fazer cada ser humano estar aberto à vida, procurando compreender o seu significado, especialmente na relação com o próximo.