Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Esporte, Síndrome de Down e liderança

Esporte, Síndrome de Down e liderança

01/11/2018 Oscar D'Ambrosio

Um filme imperdível!

Candidato da Espanha ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro de 2019, “Campeões”, do diretor Javier Fesser, junta, com raro talento, três temas: esporte, Síndrome de Down e liderança. Tudo se articula na narrativa de um técnico de basquete profissional sentenciado a prestar serviços comunitários junto a uma equipe de portadores de Síndrome de Down.

Adaptar seus métodos e comportamentos cristalizados no esporte de alto rendimento a pessoas com outros tipos de habilidades conduz a uma jornada interior que emociona sem pieguice. Cada um dos dez integrantes do time tem sua própria história e a dificuldade de saber lidar com essas diferenças constitui um aprendizado.

Cada personagem, interpretado por portadores de Down mostra uma faceta, que inclui desde o entendimento literal de frases do treinador a momentos de paralisia ou ausência que podem ocorrer no meio de um treinamento ou de uma partida. Além disso, o imaturo treinador, receoso de ter filhos por ter sido abandonado pelo próprio pai, passa a ser a figura paterna da equipe.

O basquete torna-se a linguagem comum a unir ao grupo e os resultados, que incluem a disputa da final de um torneio nas paradisíacas Ilhas Canárias, passam a ser o mesmo importante perante a construção de um espírito de coletividade em que o líder aprende o tempo todo a lidar com as idiossincrasias individuais para fazer o coletivo funcionar.

Acredite! Este filme é realmente imperdível!

* Oscar D´Ambrosio é jornalista pela USP, mestre em Artes Visuais pela Unesp, graduado em Letras (Português e Inglês) e doutor em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e Gerente de Comunicação e Marketing da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

Fonte: Oscar D´Ambrosio



Dificultando o acesso ao livro

Na proposta de reforma tributária endossada pelo Governo e enviada ao Congresso consta uma nova taxação.


Redes sociais: espaço fértil para a indignação e a esperança

Há um inconformismo geral com o nosso cenário político atual, a indignação é generalizada e evidente em parcela significativa da população.


Como a tecnologia analítica está conquistando espaço no futebol

Com a atual pandemia, os apaixonados por futebol ficaram alguns meses sem ver a bola rolando.


O descaso e a “carteirada” frente à pandemia

A obra Raízes do Brasil de Sergio Buarque de Holanda, originalmente publicada em 1936, analisa elementos fundamentais presentes na cultura brasileira que remontam ao nosso passado colonial e escravagista.


A justiça nossa de cada dia

Se a justiça desaparece é coisa sem valor o fato de os homens viverem-na terra. (Immanuel Kant)


O dia da vergonha

Sem dúvida, ainda temos muito o que aprender com a história para evitar que dias vergonhosos se repitam.


XaaS: Está na hora de pensar em Tudo como Serviço

Quando toda essa crise passar, qual lição levaremos?


A urgência da reforma tributária

No Brasil, o debate sobre a necessidade de uma reforma tributária ocorre há décadas.


Lições importantes da pandemia para os investidores e o futuro financeiro

A pandemia do Covid-19 trouxe impactos significativos em diversas esferas sociais e econômicas.


O Caminho de Saint-Hilaire

Augustin François César Prouvençal de Saint-Hilaire, o botânico francês que ficou conhecido mundialmente apenas como Saint-Hilaire, explorou, entre os anos de 1816 e 1822, a parte central do Brasil colônia e um pouco do sul.


Verdade: qual nos libertará?

Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.


Vergonha: um orgulho familiar

Ouso iniciar a reflexão sobre o sentimento de vergonha pela adaptação da célebre frase: diga-me do que tens vergonha, que eu te direi quem és!