Portal O Debate
Grupo WhatsApp

O papel da assessoria de imprensa em épocas de crise

O papel da assessoria de imprensa em épocas de crise

04/05/2016 Vera Lucia Rodrigues

Em vez de eliminar gastos na área de marketing, concentre-se na realização de investimentos inteligentes.

Em momentos econômicos difíceis, como o que estamos vivendo, há uma tendência de redução de custos em todas as esferas corporativas. No entanto, um cenário de crise econômica não se constitui nenhuma novidade para a maioria dos empresários e empresas no Brasil.

Depois de um sólido período de estabilidade financeira, o país volta a enfrentar uma de suas piores crises, com o estado de recessão econômica agindo em cadeia nos mais diversos mercados e minando investimentos.

Como já sabemos, em geral, os cortes começam na área de comunicação, que nessas horas não é vista como prioritária dentro da corporação, o que se constitui em um equívoco sério, porque sem visibilidade a empresa fica ainda mais afetada.

Mesmo que o argumento seja no sentido de diminuir as despesas, ressalva deve ser feita dentro do setor de assessoria de imprensa, que as vezes com bem menos recursos do que a publicidade consegue ampliar significativamente a exposição de uma empresa, especialmente na área de pequenas e médias empresas que normalmente não tem muita verba para investir em visibilidade.

Nesse sentido, talvez deva haver um melhor aproveitamento dos recursos, uma vez que períodos turbulentos demandam reflexão e criatividade. A palavra de ordem deve ser otimização. Em vez de eliminar os gastos com a área de marketing, vamos nos concentrar na realização de investimentos inteligentes.

Dessa maneira, sua empresa não ocupará várias páginas de publicidade ou fará uma campanha na Globo, mas estará presente no noticiário, que resultará em uma maior exposição da marca e a possibilidade de um aumento efetivo na procura e, consequentemente, nas vendas.

O que você pode fazer para estar presente no noticiário? Contratar um esquema de assessoria de imprensa, que transforme a sua empresa em notícias com lançamentos, exportações, participação em feiras, contratação de novas pessoas, realização de cursos e eventos e outras notícias.

Com isso, a empresa não só estará mais preparada para enfrentar os períodos de dificuldade como também pode sair fortalecida e renovada para os tempos de bonanza que, eventualmente, reaparecerão.

A fórmula não é, exatamente, mágica, porém, se bem aplicada, pode gerar um melhor conhecimento da marca e dos produtos, levando a uma maior procura pela sua empresa e/ou produtos.

* Vera Lucia Rodrigues é jornalista, mestre em comunicação social e diretora da Vervi Assessoria

Fonte: Vervi Assessoria



A desconstrução do mundo

Quando saí do Brasil para morar no exterior, eu sabia que muita coisa iria mudar: mais uma língua, outros costumes, novas paisagens.

Autor: João Filipe da Mata


Por nova (e justa) distribuição tributária

Do bolo dos impostos arrecadados no País, 68% vão para a União, 24% para os Estados e apenas 18% para os municípios.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


Um debate desastroso e a dúvida Biden

Com a proximidade das eleições presidenciais nos Estados Unidos, marcadas para novembro deste ano, realizou-se, na última semana, o primeiro debate entre os pleiteantes de 2024 à Casa Branca: Donald Trump e Joe Biden.

Autor: João Alfredo Lopes Nyegray


Aquiles e seu calcanhar

O mito do herói grego Aquiles adentrou nosso imaginário e nossa nomenclatura médica: o tendão que se insere em nosso calcanhar foi chamado de tendão de Aquiles em homenagem a esse herói.

Autor: Marco Antonio Spinelli


Falta aos brasileiros a sede de verdade

Sigmund Freud (1856-1939), o famoso psicanalista austríaco, escreveu: “As massas nunca tiveram sede de verdade. Elas querem ilusões e nem sabem viver sem elas”.

Autor: Samuel Hanan


Uma batalha política como a de Caim e Abel

Em meio ao turbilhão global, o caos e a desordem só aumentam, e o Juiz Universal está preparando o lançamento da grande colheita da humanidade.

Autor: Benedicto Ismael Camargo Dutra


De olho na alta e/ou criação de impostos

Trava-se, no Congresso Nacional, a grande batalha tributária, embutida na reforma que realinhou, deu nova nomenclatura aos impostos e agora busca enquadrar os produtos ao apetite do fisco e do governo.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


O Pronto Atendimento e o desafio do acolhimento na saúde

O trabalho dentro de um hospital é complexo devido a diversas camadas de atendimento que são necessárias para abranger as necessidades de todos os pacientes.

Autor: José Arthur Brasil


Como melhorar a segurança na movimentação de cargas na construção civil?

O setor da construção civil é um dos mais importantes para a economia do país e tem impacto direto na geração de empregos.

Autor: Fernando Fuertes


As restrições eleitorais contra uso da máquina pública

Estamos em contagem regressiva. As eleições municipais de 2024 ocorrerão no dia 6 de outubro, em todas as cidades do país.

Autor: Wilson Pedroso


Filosofia na calçada

As cidades do interior de Minas, e penso que de outros estados também, nos proporcionam oportunidades de conviver com as pessoas em muitas situações comuns que, no entanto, revelam suas características e personalidades.

Autor: Antônio Marcos Ferreira


Onde começam os juros abusivos?

A imagem do brasileiro se sustenta em valores positivos, mas, infelizmente, também negativos.

Autor: Matheus Bessa