Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Para aprender valores

Para aprender valores

20/12/2015 Wagner Dias Ferreira

O acompanhamento diário dos noticiários é um meio. Assistir a filmes e documentários também.

Há milhares de formas de aprender coisas para a vida cotidiana, que podem contribuir para o desenvolvimento de valores humanos, sociais, ecológicos e de comprometimento com uma causa ligada a esses valores ou situações sociais que se pretende promover ou modificar.

O profissional do direito tem um leque enorme e excelente de opções para aprender e desenvolver valores humanos, sociais e ecológicos.

A exploração mineral do quadrilátero ferrífero de Minas Gerais sempre foi tida pela população do Estado como algo comum.

Muitas pessoas festejavam a presença da atividade econômica e seu potencial para o desenvolvimento de municípios e regiões inteiras vinculadas a esta exploração econômica.

Há os que ansiavam e ainda anseiam pelo emprego nestas empresas proeminentes do Estado que leva o nome de MINAS GERAIS.

Os profissionais do direito que já atuaram na defesa de interesses de pessoas que trabalharam para empresas mineradoras, contra os interesses dessas exploradoras de minério, sabem muito bem que este é um anseio que certamente será frustrado pela realidade.

Doenças decorrentes da insalubridade da atividade minerária, acidentes que levam à morte e violação a direitos básicos do trabalhador é parte do cotidiano das empresas.

Cidades que recentemente emergiram na exploração mineral apresentaram o aparecimento forte da prostituição e do tráfico de drogas e do constante temor de acidentes com barragens.

Todos estamos precisando adquirir valores humanos, sociais e ecológicos para observar os fenômenos que ocorrem ao redor.

Filmes como o que explicita o massacre dos índios isolados de Corumbira, o que conta a história de Ganga Zumba e Zumbi de Palmares, o novo filme do Betinho da Fome, os filmes sobre Cazuza e Renato Russo e o documentário sobre o Quilombo do Campo Grande em Minas Gerais ou mesmo filmes de histórias brasileiras “comuns” de pessoas extraordinárias são opções.

Filmes estrangeiros como As Trombetas de Gideão sempre ajudam as pessoas a revisarem seus valores e a aprender sobre o que é realmente mais importante para o homem e para sua vida.

Considerando que o povo brasileiro está convidado a refletir sobre seus valores sempre que chega o mês de novembro, quando somos lembrados que somos uma República Democrática, onde a participação de todos é imprescindível à sobrevivência, e que esta sobrevivência, no caso brasileiro, não foi, não é, e não será possível sem a consciência do valor do negro na cultura brasileira, coroados esses processos pela reflexão sobre a supremacia dos direitos humanos no planeta terra, datas que no país são o 15 de novembro, o 20 de novembro e o 10 de dezembro, nada melhor do que levar essas reflexões para o Natal e o Ano Novo que são datas em que mais se abre o coração humano para a solidariedade e o que há de melhor no homem.

* Wagner Dias Ferreira é Advogado e Membro da Comissão de Direitos Humanos da OAB/MG.



O peso da improbidade no destino das pessoas

O homem já em tempos pré-históricos se reunia em volta das fogueiras onde foi aperfeiçoada a linguagem humana.


Mercado imobiliário: muito ainda para crescer

Em muitos países, a participação do mercado imobiliário no Produto Interno Bruto (PIB) está acima de 50%, enquanto no Brasil estamos com algo em torno de 10%.


Entender os números será requisito do mercado de trabalho

Trabalhar numa empresa e conhecer os seus setores faz parte da rotina de qualquer colaborador. Mas num futuro breve esse conhecimento será apenas parte dos requisitos.


Quais os sintomas da candidíase?

A candidíase é uma infecção causada por uma levedura (um tipo de fungo) chamada Candida albicans.


Entenda o visto humanitário para ucranianos

A invasão da Ucrânia pela Rússia, iniciada em 24 de fevereiro, já levou mais de 4 milhões de ucranianos a deixarem seu país em busca de um lugar seguro.


Exigência de vacina não é motivo para rescisão indireta por motivo ideológico

Não se discute mais que cabe ao empregador, no exercício de seu poder diretivo e disciplinar, zelar pelo meio ambiente de trabalho saudável.


A governança de riscos e gestão em fintechs

Em complemento às soluções e instituições financeiras já existentes, o mercado de crédito ficou muito mais democrático com a expansão das fintechs.


6 passos para evitar e mitigar os danos de ataques cibernéticos à sua empresa

Ao longo de 2021 o Brasil sofreu mais de 88,5 bilhões (sim, bilhões) de tentativas de ataques digitais, o que corresponde a um aumento de 950% em relação a 2020, segundo um levantamento da Fortinet.


Investimentos registram captação de R$ 46 bi no primeiro trimestre

O segmento de fundos de investimentos fechou o primeiro trimestre de 2022 com absorção líquida de R$ 46,1 bilhões, movimentação de 56,9% menor do que o observado no mesmo período de 2021.


Não são apenas números

Vinte e duas redações receberam nota mil, 95.788, nota zero, e a média geral de 634,16.


Formas mais livres de amar

A busca de afeição, o preenchimento da carência que nos corrói as emoções, nos lança a uma procura incessante de aproximação com outra pessoa: ânsia esperançosa de completude; algum\a outro\a me vai fazer feliz.


Dia da Educação: transformação das pessoas, do mercado e da sociedade

A Educação do século 21 precisa, cada vez mais, conciliar as competências técnicas e comportamentais.