Novo limite do lucro presumido deve aumentar competitividade

O novo limite de receita bruta para a opção pelo Lucro Presumido, conforme recente alteração legal, veio ao encontro dos anseios de médias e grandes empresas.


Autor: Franciny Moizéis da Silva

21/05/2013 - 18:00

A partir de janeiro de 2014, o teto de faturamento anual para opção ao regime passará de R$ 48 milhões para R$ 78 milhões, o que minimiza em parte os impactos inflacionários ocorridos desde a fixação original desses limites. Dados da Receita em 2011 indicaram a existência de 1,1 milhão de empresas sendo tributadas pelo lucro presumido.

Com esse novo limite, o número de empresas que deverão optar por tal regime de tributação deverá aumentar consideravelmente. A alteração do texto legal traz um novo estímulo à competitividade das empresas de pequeno e médio porte, embora ainda não suficiente para cobrir toda a inflação dos últimos anos.

A divulgação desse novo limite deve induzir a migração para o lucro presumido de um grande número de contribuintes, e muitos deles antes mesmo de fazer um planejamento tributário adequado para a sua empresa. Nem sempre, entretanto, esta é a opção mais vantajosa.

Assim, para optar de forma segura relo regime de tributação menos oneroso para a empresa, fazer uso de profissionais especializados para elaborar um bom planejamento tributário pode funcionar como ferramenta essencial no ganho de competitividade no atual mercado dos negócios.

*Franciny Moizéis da Silva é contadora da Pactum Consultoria Empresarial.




Sérgio Machado, o abraço de afogado

As gravações elaboradas por Sérgio Machado constituem o escândalo nacional dos últimos dias.


Chefia x Liderança

Talvez você não consiga ser líder por um simples motivo: não sabe lidar com seus próprios sentimentos e emoções.


O outro nunca sozinho

Hoje pela manhã li a seguinte frase “muitos aprendem a beijar a pele, mas poucos são os que sabem beijar a alma”.


Se eu fosse você!

É chegada a hora de provocarmos vômito...


Atividade física: menos técnica e mais entendimento humano

É preciso mudar a forma como se pensa e, principalmente, como se transmite a atividade física.


Inovar em tempos de crise: risco ou oportunidade?

A crise brasileira é o assunto mais recorrente nas rodas de conversa ultimamente.


Segurança em condomínio: moradores devem fazer a sua parte

Tão importante quanto a portaria, condôminos devem respeitar e seguir as regras.


O Brasil precisa de instituições sólidas e não de heróis

O Brasil necessita de instituições sólidas, sérias e comprometidas com seu mister e com o Estado Democrático de Direito.


Solte o freio de mão da sua autoestima

Ter baixa autoestima é como dirigir pela vida com o freio de mão puxado, isto é, em estado de insegurança.


Saúde sem horizonte

O que se vê são propostas vagas, sem a previsão de aumentos de recursos para a saúde.