Portal O Debate
Grupo WhatsApp

A saúde bucal dos idosos não deve ser esquecida

A saúde bucal dos idosos não deve ser esquecida

17/07/2018 Dra. Jacqueline Cássia de Castro

Quando se fala sobre a importância da saúde do idoso não podemos esquecer da saúde bucal.

Uma boca não saudável pode trazer inúmeras consequências para a saúde do indivíduo. A ausência de dentes, por exemplo, pode levar a insuficiência mastigatória, dificuldade de engolir, desordens de articulação e fala, entre outros.

Já a gengivite que é a inflamação na gengiva pode evoluir e em casos graves pode aumentar as chances de infecções, como as infecções pulmonares. A ausência de dentes também pode causar problemas de ordem psicológica, como baixa estima e até depressão, e consequentemente interferir na qualidade de vida do indivíduo.

Por causa disso, é imprescindível estar atento à saúde bucal do idoso. Nos casos de ausência de dentes, recursos como próteses podem não apenas melhorar a nutrição e a fala, mas também na melhora da autoimagem e socialização.

A higiene bucal deverá começar pela limpeza dos dentes, e deve ser feita sempre após as refeições, utilizando uma técnica correta orientada pelo cirurgião-dentista. Utiliza-se escova dental com cabeça pequena para alcançar todas as áreas da boca e com cerdas macias.

A escovação com escova elétrica é uma ótima opção idosos que apresentam maior dificuldade motora e para aqueles totalmente dependentes esta tarefa deve ser realizada por uma pessoa da família ou cuidador. A escovação deve ser feita com pasta dental com flúor e pouca abrasiva para não machucar a gengiva que é mais sensível nos idosos.

Também muito importante é o uso do fio dental regularmente. As próteses devem ser removidas da boca para higienizá-las. Poderão ser escovadas com escova dental comum. Não é indicado o uso das próteses ao dormir, para haver descanso das glândulas salivares do palato e evitar que o idoso engasgue.

* Dra. Jacqueline Cássia de Castro é geriatra e fundadora do Projeto Cuidar – Geriatria Goiânia.

Fonte:Dra. Jacqueline Cássia de Castro



Mortes e lama: até quando, Minas?

Tragédias no Brasil são quase sempre pré-anunciadas. É como se pertencessem e integrassem a política de cotas. Sim, há cotas também para o barro e a lama. Cota para a dor.


Proteção de dados de sucesso

Pessoas certas, processos corretos e tecnologia adequada.


Perspectivas e desafios do varejo em 2022

Como o varejo lida com pessoas, a sua dinâmica é fascinante. A inclusão de novos elementos é constante, tais como o “live commerce” e a “entrega super rápida”.


Geração millenials, distintas facetas

A crise mundial – econômica, social e política – produzida pela transformação sem precedentes da Economia 4.0 coloca, de forma dramática, a questão do emprego para os jovens que ascendem ao mercado de trabalho.


Por que ESG e LGPD são tão importantes para as empresas?

ESG e LGPD ganham cada vez mais espaço no mundo corporativo por definirem novos valores apresentados pelas empresas, que procuram melhor colocação no mercado, mais investimentos e consumidores satisfeitos.


O Paradoxo de Fermi e as pandemias

Em uma descontraída conversa entre amigos, o físico italiano Enrico Fermi (1901-1954) perguntou “Onde está todo mundo?” ao analisarem uma caricatura de revista que retratava alienígenas, em seus discos voadores, roubando o lixo de Nova Iorque.


Novo salário mínimo em 2022 e o impacto para os trabalhadores autônomos

O valor do salário mínimo em 2022 será de R$ 1.212,00.


2021 – A ironia de mais um ano que ficará marcado na história

Existe um elemento no ano de 2021 que imputou e promoveu uma verdadeira aposta de cancelamentos e desejos para que ele seja mais um ano apagado da memória de milhares de pessoas: A pandemia, que promoveu o desaparecimento definitivo de milhares de pessoas.


Negócios do futuro: por que investir em empreendedorismo no setor financeiro

Você sabia que 60% dos jovens de até 30 anos sonham em empreender?


A importância de formar talentos

Um dos maiores desafios das empresas tem sido encontrar talentos com habilidades desenvolvidas e preparados para contribuir com a estratégia da empresa.


Sustentabilidade em ‘data center’: setor se molda para atender a novas necessidades

Mesmo que a sustentabilidade ainda seja um tema relativamente novo no segmento de data center, ele tem se tornado cada vez mais necessário para as empresas que querem agregar valor ao seu negócio.


Tendência de restruturações financeiras e recuperações judiciais para o próximo ano

A expectativa para o próximo ano é de aumento grande no número de recuperações judiciais e restruturações financeiras, comparativamente, aos anos de 2021 e 2020.