Portal O Debate
Grupo WhatsApp


De olho nos perigos dos plásticos

De olho nos perigos dos plásticos

19/08/2014 Rafael Cavalcante

Eles são nossos maiores aliados quando o assunto é refrigerar e conservar alimentos em casa.

Os sacos e filmes plásticos são práticos, baratos e podem ser usados para diversos fins, porém seu consumo requer algumas atenções, pois existem produtos indicados para o uso específico em micro-ondas, forno ou freezer.

Nem todos os itens disponíveis no mercado atendem às necessidades do consumidor, pois em suas formulações podem conter substâncias tóxicas. Pesquisas recentes apontam que algumas substâncias químicas presentes nos plásticos estão associadas ao desenvolvimento de doenças como o câncer de mama, má formação de embriões, interferências no sistema endócrino e outras.

A formulação dos elementos químicos presentes nestes produtos varia de acordo com cada fabricante, por isso, algumas empresas abriram seus olhos para a substituição de materiais que não coloquem em risco à vida de seus consumidores. A ciência e a tecnologia da polimerização têm desenvolvido materiais para se adequarem às necessidades de novo consumo, o mais usado e conhecido é o plástico esticável de PVC, utilizado para acondicionar alimentos, protegendo-os contra umidade e bactérias.

Resistente, impermeável e versátil, é ideal para vedar potes com comida que vão para a geladeira. Porém seu uso deve ser feito apenas em temperatura ambiente e baixa (-18º a 40º). Mas há também plásticos para outras necessidades, como o polietileno tereftalato (PET), matéria-prima utilizada em embalagens flexíveis, ele suporta altas temperaturas e pode entrar em contato direto com o alimento, temperos e até gordura sem causar nenhum mal à saúde.

O polietileno (PEBD e PEAD) também é outro plástico muito utilizado na indústria alimentícia. Flexível, leve e resistente a impactos e rasgos, em sua forma virgem é indicado para armazenar, congelar e transportar alimentos. Mas, em meio a tantas opções, como saber se o produto que pretendo adquirir não oferece riscos à saúde? É preciso sempre se informar se o produto colocado dentro do carrinho do supermercado é o ideal para o procedimento que se deseja realizar. O consumidor precisa compreender que há um produto para cada fase de preparo ou conservação do alimento.

A falta de informação pode levar a erros comuns e perigosos, como adquirir o plástico de PVC esticável para uso em altas temperaturas. Esse material possui em sua composição química uma substância tóxica chamada dioxina, que é liberada no processo de aquecimento do produto. O mesmo ocorre se for usado em temperaturas extremamente baixas. Por isso, fique de olho no que você leva para dentro de casa e garanta o bem estar de sua família.

*Rafael Cavalcante é gerente de marketing da Útil Kiko, empresa de descartáveis presente no mercado há mais de 40 anos.



Prisão após condenação em segunda instância

Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 410/18, que deixa clara a possibilidade de prisão após condenação em segunda instância, avança na CCJ da Câmara Federal.


Sou uma péssima professora!

Sou uma péssima professora! Primeiramente, porque ser professor não foi minha primeira escolha de carreira.


As ferramentas tecnológicas e a educação

Os avanços tecnológicos podem estar a serviço da Educação, na medida em que permitem um maior acesso à informação e mais rapidez nas trocas do conhecimento.


Eu, professor

Comecei a dar aulas aos 18 anos. Meus alunos, em um supletivo de bairro, eram todos mais velhos que eu.


Gestão pública é o caminho contra a corrupção

A corrupção é pré-requisito do desenvolvimento, já dizia Gunnar Myrdall, Prêmio Nobel de Economia, em 1974.


Quando a desinformação é menos tecnológica e mais cultural

Cenário é propício para o descrédito de pesquisas, dados, documentos e uma série de evidências de veracidade.


Igualdade como requisito de existência

Na última cerimônia de entrega do EMMY, o prêmio da TV Norte Americana, um ator negro foi premiado, fruto de reconhecimento praticamente unânime de seu trabalho.


Liderança é comunicação, conexão e confiança

Cada dia que passa, percebo que uma boa comunicação e liderança têm total relação com conexão.


“A educação é a arma mais poderosa…” mas para quem?

Tudo o que se cria ou se ensina no mundo tem dois lados. Geralmente as intenções são boas e as pessoas as tornam ruins.


“Golpe do Delivery”

Entregadores usam máquina de cartão para enganar consumidor.


A inclusão educacional e o mês das crianças

O tema da inclusão está na ordem do dia, dominando as agendas no mês das crianças.


A velha forma de fazer política não tem fim

Ser político no Brasil é um grande negócio, uma dádiva caída do céu, visto as grandes recompensas de toda a ordem obtidas pelos políticos.