Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Exercício aeróbico em jejum – Pare de fazer isso agora!

Exercício aeróbico em jejum – Pare de fazer isso agora!

11/12/2014 Vinícius Possebon

Com o intuito de esclarecer e alertar as pessoas que buscam emagrecer, abordarei neste artigo algo que considero muito nocivo, mas que é uma prática bem comum: o exercício aeróbico em jejum.

Respondo abaixo algumas afirmações e perguntas para facilitar o entendimento:

Exercício aeróbico em jejum não emagrece

Sim, é verdade. Você duvida? Então, esse conteúdo é especialmente para você. Vou provar neste artigo que o exercício aeróbico em jejum, ao contrário do que muitos pensam, faz mal e engorda.

Como assim, engorda?

Engorda, sim. Mas quem diz isso não sou eu. Essa afirmação é resultado de estudos realizados com pessoas que faziam exercícios aeróbicos em jejum. Então, qual é a melhor forma de emagrecer e como o exercício em jejum é prejudicial para sua saúde e projeto de emagrecimento? Vamos raciocinar juntos e descobrir!

O exercício aeróbico normal não emagrece

Sim, diferente do que vemos por aí nas academias, onde as pessoas passam horas se exercitando, na tentativa de perder gordura. Agora, se o aeróbio normal não emagrece, imagine então o exercício feito em jejum! É desastre na certa!

Estudos mostram que o exercício aeróbico em jejum não funciona

Antes de tudo, se você é como eu, que adora ler estudos e se informar sobre tudo o que faz, preste muita atenção à metodologia utilizada. Muitas vezes, estudos se mostram bem tendenciosos e provam o que querem provar. Eu mesmo já me deparei com vários desses.

Estudos comparativos

Num estudo realizado em 2011, foram usados 2 grupos: um que fazia o exercício em jejum e outro que tomara um café da manhã de 670 calorias. O exercício durava 36 minutos e tinha de baixa à moderada intensidade. O resultado? O grupo que fez o exercício e estava alimentado, teve uma alteração no metabolismo em 24h. Isso quer dizer que esse grupo queimou mais gordura em 24h. Já quem se exercitou em jejum, até queimou mais gordura durante o exercício, mas seu metabolismo ficou bem mais lento nas 24h seguintes. Outro estudo do fim da década de 90 mostra que quem faz exercício aeróbico em jejum tem uma elevação do hormônio cortisol nos 90 minutos seguintes.

E o que é o cortisol?

É o hormônio que elimina a massa magra, ou seja, a massa que é benéfica para o seu corpo. Mas sabemos que, quando fazemos exercício aeróbico em jejum, aumentamos a oxidação de gordura em 30%. Sim, mas são 30% do quê? Quando paramos para analisar os estudos, isso tudo é baseado em miligramas por litro. Então você me pergunta qual é o problema disso. O problema aparece quando você converte as medidas e transforma isso em gramas de gordura para saber quantos quilos você terá que perder. O resultado é uma média de 5g de gordura que você perde a mais quando faz exercício em jejum. Isso mesmo, apenas 5g! Vale a pena acordar 1 hora mais cedo e não comer para perder apenas 5 gramas de gordura, sabendo ainda que seu metabolismo vai desacelerar no decorrer do dia?

E por que tanta gente diz por aí que a prática funciona?

Simplesmente porque a maioria dessas pessoas que diz que faz aeróbio em jejum, realiza a atividade combinada com mais 3 procedimentos: dieta restritiva; uso de fármacos (geralmente, ilícitos) e desidratação. Só essas 3 coisas combinadas já são o suficiente para emagrecer qualquer pessoa. Logo, o emagrecimento não é resultado do aeróbio em jejum, não se engane!

Os efeitos negativos dos exercícios aeróbicos em jejum

Bom, sabendo que o exercício aeróbico em jejum queima mais 5g de gordura do que uma pessoa alimentada fazendo a mesma coisa, mas em compensação, diminui o metabolismo, a primeira conclusão que podemos tirar é que o consumo de gordura aumentará muito no decorrer do dia. Além disso, existe o risco de uma hipoglicemia, por conta do jejum prolongado.

Para concluir, fica uma pergunta para você refletir: Vale a pena fazer atividade física sem comer? Se você gostou desse artigo e conhece pessoas que aderiram a essa prática nociva, mostre para elas, divida o conhecimento e contribua para divulgar a prática saudável e correta dos exercícios aeróbicos.

*Vinícius Possebon é personal trainer, palestrante e criador do Sistema de Emagrecimento Queima de 48 Horas.



Análise de dados e a saúde dos colaboradores nas empresas

Como a análise de dados está ajudando empresas a melhorar a saúde dos colaboradores.


16 senadores suplentes, sem votos, gozam das benesses no Senado

Quando o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), pretende colocar em votação Emenda Constitucional para acabar com a figura de SENADOR SUPLENTE?


Há tempos são os jovens que adoecem

Há alguns anos o Netflix lançou uma série chamada “Thirteen Reasons Why”, ou, em tradução livre, “As Treze Razões”.


Administração estratégica: desafios para o sucesso em seu escritório jurídico

Nos últimos 20 anos o mercado jurídico mudou significativamente.


Qual o melhor negócio: investir em ações ou abrir a própria empresa?

Ser um empresário ou empresária de sucesso é o sonho de muitas pessoas.


Intercooperação: qual sua importância no pós- pandemia?

Nos últimos dois anos, o mundo enfrentou a maior crise sanitária dos últimos 100 anos.


STF e a Espada de Dâmocles

O Poder Judiciário, o Ministério Público e a Polícia Investigativa são responsáveis pela persecução penal.


Lista tríplice, risco ao pacto federativo

Desde o tempo de Brasil-Colônia, a lista tríplice tem sido o instrumento para a nomeação de promotores e procuradores do Ministério Público.


ESG: prioridade da indústria e um mar de oportunidades

Uma pesquisa divulgada recentemente pelo IBM Institute for Business Value mostra que a sustentabilidade tem ocupado um lugar diferenciado no ranking de prioridades de CEOs pelo mundo se comparado a levantamentos anteriores.


Como conciliar negócios e família?

“O segredo para vencer todas as metas e propostas é colocar a família em primeiro lugar.”, diz a co-fundadora da Minucci RP, Vivienne Ikeda.


O limite do assédio moral e suas consequências

De maneira geral, relacionamento interpessoal sempre foi um grande desafio para o mundo corporativo, sobretudo no que tange aos valores éticos e morais, uma vez que cada indivíduo traz consigo bagagens baseadas nas próprias experiências, emoções e no repertório cultural particular.


TSE, STF e a censura prévia

Sabe-se que a liberdade de expressão é um dos mais fortes pilares da democracia.