Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Social e-mail: uma nova estratégia para melhores resultados

Social e-mail: uma nova estratégia para melhores resultados

01/09/2013 Mário Almeida

A comunicação integrada é uma das premissas do marketing, porém sua atuação não se limita apenas na junção de canais offline com os online.

Os meios de divulgação na web também devem ser integrados em suas diferentes estratégias (mídias sociais, e-mail marketing, website, seo, links patrocinados, entre outras). Dentre as diferentes possibilidades, integrar o e-mail marketing com o marketing em mídias sociais é um caminho promissor para viralizar uma mensagem e construir a imagem de uma marca.

O Social E-mail não é uma nova tecnologia e sim uma integração das já existentes, uma evolução natural no uso dos canais de comunicação online. Essa estratégia consiste em tornar o conteúdo do e-mail marketing disponível para compartilhamento nos demais meios digitais, o que possibilita ao internauta espalhar o conteúdo para o seu círculo social. Como efeito da ação, é possível ampliar o database marketing e interessados na marca, aumentar o impacto das mensagens de e-mail marketing, reforçar o envolvimento do público e potencializar a viralização do conteúdo.

Porém, essa integração significa muito mais que colocar, no rodapé do e-mail marketing, o link para as mídias sociais da empresa. Um dos pontos chave para o sucesso dessa estratégia é alinhar o conteúdo às expectativas e interesses do mailing, ou seja, um material que apresente potencial para compartilhamento, segmentação e relacionamento constante e personalizado.

É importante diferenciar os internautas em três grupos: os influenciadores, evangelistas e compartilhadores. Os primeiros são aqueles que possuem um grande círculo social, são ativos nas mídias e têm seus conteúdos sempre compartilhados. Já os evangelistas e compartilhadores, por possuírem muita afinidade com a marca, contribuem no processo de pulverização da mensagem. E agora, como colocar isso em prática? Veja algumas maneiras para iniciar os seus esforços em Social E-mail:

- Disponibilize uma versão online da sua newsletter. Não deixe que ela exista apenas nas caixas de entrada do seu mailing. Assim, você poderá convidar os seus seguidores nas mídias sociais para lerem o boletim que não receberam ou que ainda não leram. Use a força das mídias sociais para mostrar o valor de sua news e incentivar novos membros a se inscreverem e a compartilharem o conteúdo;

- Possibilite que cada conteúdo presente no e-mail marketing seja compartilhado. Identifique as pessoas que o compartilharam e ofereça algum incentivo (um e-mail de agradecimento, um conteúdo extra, um voucher de desconto, entre outros). Nessa etapa identifique os influenciadores e evangelistas, e estreite, cada vez mais, relacionamento com eles por meio de uma comunicação diferenciada;

- Crie um mecanismo em sua newsletter, por exemplo, que impulsione o receptor a convidar seus amigos para se inscreverem e assim tornarem novos membros. Não se esqueça de sempre agradecer a indicação.

As ideias apresentadas são apenas um ponto de partida para a compreensão do Social E-mail. Agora, é o momento de você planejar e desenvolver uma estratégia para a sua empresa e colher os bons resultados da ação.

*Mário Almeida é diretor da S4W Marketing Digital, agência de marketing e branding, sediada em Cornélio Procópio/PR.



Educação e civilidade faltam a parlamentares federais

Educação e civilidade são o mínimo que se espera de um parlamentar.


O brasileiro e o contexto sociopolítico

O brasileiro é conhecido por sua alegria e seu jeito de lidar com as adversidades.


A sub-representação no Congresso Nacional

No Congresso Nacional somente 10% dos representantes na Câmara dos deputados são mulheres.


A moralização do Brasil é muito difícil

Ser político no Brasil é um grande negócio, é como acertar na loteria, dadas as vantagens auferidas no presente e no futuro.


Uma análise do acordo Mercosul e União Europeia

As consequências do acordo Mercosul – União Europeia ainda são especulativas


Ordem no Parlamento!

Desde os tempos do impeachment da presidente Dilma Rousseff, o Congresso Nacional tem imposto espetáculos degradantes aos brasileiros.


O lavrador, e o filho Doutor

Quando era moço, muitas vezes ouvi contar a velha história ou anedota, do transmontano, que mandara o filho, estudar, para Coimbra.


Peso Real: moeda única, infortúnio coletivo

Brasil e Argentina são parceiros de longa data.


Benefícios fiscais: concessão e requisitos

O custo fiscal sempre é objeto de discussão, críticas e polêmicas.


O que o Brasil precisa

Todos os brasileiros hoje estão preocupados com os destinos do Brasil.


Cadeirinha: por que a segurança infantil não pode ser item opcional?

Proteger as crianças pequenas e a infância é uma responsabilidade de todos nós


O uso do Crowdfunding para o desenvolvimento de M.V.Ps de startups

O processo de consolidação do chamado Capital de Risco (Venture Capital) é uma realidade cada vez mais evidente no ecossistema empreendedor brasileiro.